10 de fevereiro de 2010

ONU afirma que pela primeira vez na história haverá mais idosos do que crianças em 2045

ONU afirma que pela primeira vez na história haverá mais idosos do que crianças em 2045

Kathleen Gilbert
14 de janeiro de 2010 (Notícias Pró-Família) — Um novo relatório do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas conclui que o número de idosos no mundo inteiro será maior do que o de crianças pela primeira vez em 2045, prognosticando o início de um “inverno demográfico” que alguns especialistas dizem poderá constituir a maior crise internacional no próximo século.
De acordo com o relatório, “World Population Ageing 2009” (O Envelhecimento da População Mundial, edição de 2009), 22% da população mundial terá mais de 60 anos dentro de quarenta anos — um salto dos 11% em 2009, e 8% em 1950.
Uma tendência de baixos índices de nascimento perpetuado a nível mundial com a utilização crescente da contracepção e aborto vem fazendo com que a população idosa cresça num índice de 2,6% por ano — três vezes mais rápido do que o crescimento total da população mundial. As pessoas da faixa etária de mais de 60 anos triplicarão seu aumento no começo do milênio, chegando a 2 bilhões em 2050.
A ONU notou que esse desequilíbrio terá um forte impacto na classe trabalhadora do mundo inteiro, pois é essa classe que arcará com todo o sustento da população desproporcionalmente idosa. A dramática mudança demográfica, dizem, provocará impacto em vários aspectos da vida humana, inclusive crescimento econômico, investimento, consumo, aposentadoria, impostos e saúde pública.
“À medida que as crianças representarão uma proporção cada vez menor da população, poderá haver uma redução no número de escolas, enquanto que uma parte cada vez maior da população cada vez mais idosa começará a exigir mais instituições de saúde de longo prazo”, escreveram os autores do relatório. “Na esfera política, o envelhecimento da população poderá moldar os padrões de votação e a representação política”.
Don Feder, líder pró-família, avisou, durante evento de Marcha pela Vida em 2009, da chegada de índices de natalidade caindo em queda livre e a conseqüente devastação econômica, dizendo que “poderá resultar na maior crise que a humanidade confrontará neste século”.
“Simplificando: a humanidade não está conseguindo se reproduzir em números suficientes para manter nossa civilização”, disse Feder.
Ele apontou para o fato de que a ausência de crianças devido ao baixo índice de natalidade de hoje, as quais se tivessem nascido teriam filhos e netos, “criará uma queda cada vez mais acelerada da população”.
“As escolas se transformarão em casas de repouso. Os playgrounds virarão cemitérios”, disse Feder — palavras ecoadas no relatório da ONU.
“Quem cuidará de nossas fábricas e fazendas?” perguntou ele. “De onde virão os policiais, médicos, enfermeiras, equipes de emergência?…
“Durante os 200 passados, a população do mundo aumentou de 980 milhões para 6,5 bilhões. Essa explosão populacional incentivou todo avanço desde a revolução industrial até a era do computador”, continuou Feder. “Mas o que acontece quando a população começa a diminuir?
“Temos construído uma civilização que depende de pessoas — muitas delas. O que acontece quando mais e mais se tornam menos e menos?”
Veja a cobertura relacionada de LifeSiteNews.com:
Demographic Winter: "Schools will be turned into nursing homes. Playgrounds will become graveyards."
New Documentary Exposes Link Between Failing Global Economy and Demographic Winter
New Documentary Explores Global Demographic Crisis
New Stats: Europe Facing Demographic Winter, Growing Political, Economic Tensions
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2010/jan/10011406.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

3 comentários :

Jin May disse...

Além dos métodos contraceptivos e do aborto, a "cultura" gay que infesta o Ocidente também deve ser responsabilizada pelos menores índices de nascimento. Duplas de homossexuais não podem ter filhos.

Anônimo disse...

Penso que uma resposta possível e urgente à tremenda ameaça do "inverno demográfico" é a mobilização dos cristãos, católicos e evangélicos.
As crianças e os jovens estão sendo arrastados pelos programas governamentais de educação sexual para uma vida vazia de valores a ser preenchida falsamente pela promiscuidade sexual.

Ricardo disse...

Com relação ao desequilibrio, não precisa se preocuparem, porque logo aparecerá especialistas e estudiosos do tema, com a formula mágica para a coisa: matar os velhinhos; pois que para resolver os problemas do planeta a solução deles é exterminar as crianças, não as deixando nascer. no caso dos velhinhos, não para não deixa-los nascer, mas da para mata-los.