5 de fevereiro de 2010

Líder de partido inglês diz que as escolas religiosas terão de ensinar o homossexualismo como “normal e inofensivo”

Líder de partido inglês diz que as escolas religiosas terão de ensinar o homossexualismo como “normal e inofensivo”

Thaddeus M. Baklinski
LONDRES, Inglaterra, 13 de janeiro de 2010 (Notícias Pró-Família) — Nick Clegg, líder do Partido Democrata Liberal da Inglaterra, está cortejando os votos dos homossexuais ingleses ao declarar que seu partido (o terceiro maior partido da Inglaterra) quer legislar que todas as escolas religiosas da Inglaterra sejam legalmente obrigadas a ensinar seus alunos que o homossexualismo é normal e sem risco algum para a saúde física ou mental.
Numa entrevista com a revista gay Attitude, Clegg delineou muitas propostas para avançar os “direitos gays” na Inglaterra, inclusive forçar todas as escolas, até mesmo as escolas religiosas, a implementar políticas anti-homofobia e anti-bullying e a ensinar que o homossexualismo é “normal e inofensivo”.
Clegg disse que as escolas religiosas não devem se tornar “asilos de identidade religiosa isolada”.
“Se elas estão sofrendo índices mais elevados de bullying e violência homofóbica, então precisamos exercer pressões fortes nelas. Precisa haver uma exigência”.
Ele também propôs acabar com a lei que proíbe os homossexuais de doarem sangue e quer que os casais de mesmo sexo tenham os mesmos direitos legais que têm um homem e uma mulher casados, com o direito de usar a palavra “casamento” em vez de parceria civil.
As propostas de Clegg foram rapidamente condenadas por líderes cristãos e grupos pró-família.
Um importante bispo anglicano, que não foi identificado, disse ao jornal The Independent: “Penso que isso será muito mal recebido, até mesmo entre pessoas que não são abertamente evangélicas. Instituir algo que tem de ser ensinado, seja o que for, é assustadoramente fascista”.
Janina Ainsworth, diretora do departamento de educação da Igreja da Inglaterra, disse que ela não via motivo para se mudar as leis atuais que lidam com a educação sexual nas escolas. “O ensino tradicional da Igreja é que o sexo tem de ser designado dentro da estrutura de um casamento fiel, e a educação sexual nas escolas cristãs será ministrada nesse contexto”, disse ela.
“Além disso, uma mudança drástica da orientação da educação sexual não seria muito bem recebida por muitas escolas cristãs e não cristãs”, acrescentou Ainsworth.
Norman Wells do Fundo de Educação da Família, disse para o jornal Daily Mail: “Não só Nick Clegg está mostrando uma deplorável falta de respeito pelas escolas religiosas, mas ele também está desrespeitando totalmente os pais que têm profundas convicções”.
“A vasta maioria dos pais não quer que as escolas de seus filhos se transformem em promotoras de imagens favoráveis aos relacionamentos homossexuais. É um princípio fundamental da lei de educação que as crianças têm de ser educadas de acordo com os desejos de seus pais”.
Wells além do mais acusou que “Nick Clegg está promovendo uma radical agenda social que quer apenas provocar confusão entre vulneráveis crianças e expô-las a mais riscos para a sua saúde física e emocional”.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2010/jan/10011307.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

8 comentários :

Anônimo disse...

O problema é as pessoas confiarem as escolas a educação de seus filhos... Criança vai para a escola para obter apenas conhecimento acadêmico, como portugues, matemática, física e assim por diante... O restante da educação não é responsabilidade escolar e eu não vou permitir que alguem, que eu sei lá o que está fazendo na cama, venha interferir na educação sexual da minha filha... Sobre sexo, quem vai falar com ela sou eu e minha esposa...
Da minha parte, pretendo ensinar para minha garotinha desde pequena (hoje ela tem 10 meses) o quanto o homossexualismo é prejudicial e nocivo para o ser humano, além de ser um pecado contra Deus...
Pode ter certeza que na minha familia esse tipo de idéia nojenta desse politico inglês não vai surtir efeito...

Marta Daniela disse...

Sabe o que eu acho?

Que a sociedade inglesa está pagando hoje um preço bastante caro por sua pós-modernidade, seja lá o que isso signifique.

Os homossexuais mais depravados vão invadi-la (já começaram isso) e tomar todos os postos políticos importantes e legislar sobre todos, impondo suas taras e perversões mais extravagantes.

Anônimo disse...

Julio, eu infelizmente acho que já passou da hora das pessoas que são contra esse tipo de aberração deixarem de usar apenas palavras e partir para ações mais energicas contra esses pervertidos...
Até quando teremos que aguentar noticias como está no link abaixo

http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL1477154-5606,00-CASAL+DE+MULHERES+VAI+A+JUSTICA+PARA+DAR+SEUS+SOBRENOMES+AO+FILHO.html

e não falarmos nada para não parecermos preconceituosos e intolerantes... Eu digo que é muito melhor ser taxado de intolerante do que aceitar passivamente esse tipo de absurdo...
Existe alguns tipos de pessoas que não entendem um dialogo civilizado... Enquanto aqueles que não se conformam com a perversão que toma conta do mundo não demonstrarem força, esses desmandos continuarão acontecendo...

O Outro Anônimo disse...

E pensar que foi exatamente na Inglaterra, há quase 200 anos, que Robert Raikes, um jornalista temente à Deus, incomodado com a enorme quantidade de crianças que perambulavam pelas cidades, já que os pais passavam praticamente o dia todo nas fábricas e minas da revolução industrial, teve a simples e abençoada idéia de levar estas crianças para dentro da igreja e ensina-las a ler e escrever usando a Bíblia, inventando, sem querer, a escola dominical, que foi a base para todo o sistema de ensino público gratuíto, que surgiu posteriormente.
Agora, aparecem estes servos do diabo querendo perverter tudo o que foi construído por homens e mulheres dedicados à humanidade porque tinham dentro de sí o amor de Cristo, diferente destes perversos que tem a motivar-lhes apenas um desejo maligno de dar vazão às sua imundícies e querem que todos compatilhem dela.
O que os crentes tem que fazer, principalmente os ingleses, é orar, pedir perdão à Deus pela covardia que tem demonstrado e partir para o ataque: confrontar e amarrar em oração e consagração os demônios que tem se atrevido a afrontar a igreja do Deus Vivo.

O Outro Anônimo disse...

Depois de várias paradas-gay, que atraem milhões de pessoas e rendem outros milhões de reais, a cidade de São Paulo está pagando caro por ter decidido afrontar ao Deus Vivo: mais de 40 dias de chuva initerrupta!!
No mundo espiritual, foi estabelecida uma aliança trevosa entre Iemanjá, potesdade da prostituição, Jezabel, potesdade da perversão sexual e "mãe espiritual dos gays" e Leviatã, potesdade das águas. Foi lhes dada permissão para atormentar os habitantes desta cidade com seus flagelos. E eu tenho a impressão de que isto é só o começo.
Que Deus tenha misericórdia do Seu povo que habita São Paulo, e que os cristãos de São Paulo abram seus olhos espirituais e tomem uma atitude!!!

Rogério Tigerface7 disse...

Antigamente isto não existia ,algum tempo e apos muita safadeza passou a ser conhecido apesar de proibido, depois passou a ser aceito porem limitado,depois passou a ser permitido,hoje é aceito, não permita ,meu DEUS, que no futuro seja obrigatório!!!!

Anônimo disse...

O certo é o errado,o avesso é o di
reito,o mal é o bem,o islam é o cris
tianismo;esse é o politicamente cor
reto adotado no ocidente apóstata.
A sociedade hodierna adotou a cultura
do mal em todas as suas relaçôes,e o
mesmo sazonara e produzira uma ceifa
funesta.

Marcia disse...

Nossa luta está travada na oração e nas palavras de Jesus no calvário..." Senhor perdoai-os eles não sabem o que fazem".