12 de janeiro de 2010

Por que não sou socialista


Por que não sou socialista

Alguns motivos por que não estou ajudando a construir o reino da Besta

Julio Severo
A moda entre os ateus desde Karl Marx é o socialismo. Em sua essência, o socialismo entroniza o Estado no centro de tudo, como se o Estado tivesse algum tipo de vocação ou permissão divina para substituir Deus e preencher todas as necessidades humanas: educação, saúde, moradia, emprego, etc. Querendo ou não, todo governo que promete tal provisão total é socialista.
A moda socialista impôs na mentalidade coletiva a estranha “normalidade” de se ver o governo como devendo tomar conta de todas as necessidades humanas, como se precisássemos de uma super-babá estatal “cuidando” de nós a vida inteira. Pergunte a uma simples faxineira ou a um poderoso empresário qual é o papel do Estado, e todos roboticamente ecoarão: dar educação, saúde, moradia, emprego, etc. A lavagem cerebral está praticamente completa agora. Tudo está pronto para a vinda do reino da Besta.
Essa lavagem cerebral, que é epidêmica hoje, alcançou e transformou de tal forma a mentalidade de muitos cristãos nominais que eles defendem com a maior naturalidade ideias que são basicamente esquerdistas. Eles não têm a mínima vergonha de defender um Estado no lugar de Deus, ainda que com outras palavras.
Eu, por minha vez, não sinto vergonha nenhuma de não pertencer a essa ideologia, e dou a seguir minhas razões por que não aceito um Estado no lugar de Deus.
1. Não sou socialista porque não sou idólatra. A Bíblia coloca Deus como supremo provedor. No passado, os pagãos colocavam nessa posição de fornecedor de provisão Baal e outros deuses. Hoje, os socialistas colocam o Estado como supremo provedor, dando-lhe um caráter e função totalmente fora dos propósitos de Deus. Aceitar esse papel do Estado imposto pelo socialismo é aceitar a idolatria e cair em grave pecado contra Deus.
2. Não sou socialista porque não sou burro. A Bíblia diz que “pelos seus frutos os conhecereis”. Qual foi o fruto do marxismo, criado pelo satanista Karl Marx? O socialismo e suas variações trouxeram ao mundo mais de 100 milhões de assassinatos. O socialismo é hoje comprovadamente a ideologia mais assassina que existe.
3. Não sou socialista porque amo a Jesus Cristo com todo o meu coração. Não há lugar na minha vida para o socialismo. Jesus caminhava curando e pregando o Reino de Deus, enquanto os pregadores do “evangelho” da Missão Integral e outros rótulos da Teologia da Libertação pregam, em roupagem cristã, o reino deste mundo — o governo no papel de Deus. O único tipo de cura que esses falsos mensageiros pregam é o sistema de saúde do Estado, financiado por impostos abusivos e criminosos que violam os mandamentos de Deus.
4. Não sou socialista porque não sou blasfemador. Eu não misturo a Bíblia com a ideologia de Karl Marx e seus sucessores. Eu não uso o Evangelho e o nome precioso de Jesus Cristo para promover o socialismo e um Estado socialista. Não posso servir a dois senhores, porque seria blasfêmia pregar que, diante do sangue derramado de Jesus Cristo que vem salvando tantas almas, uma ideologia que derramou tanto sangue inocente é a resposta para os pobres. Eu vim de um passado pobre, e Jesus foi minha resposta. Igualar minimamente o socialismo derramador de sangue com Jesus que derramou seu próprio sangue por mim seria blasfêmia.
5. Não sou socialista porque não sou inocente útil e cego. A Bíblia deixa claro que nos últimos dias se levantará um arrogante e forte Estado idolátrico, que exigirá adoração para si. Esse dia chegou. Estamos no tempo final profetizado pela Palavra de Deus. O Estado hoje já em quase nada se parece com o que deveria ser um Estado de acordo com Romanos 13. O Estado moderno é um falso deus, com seus sacerdotes homossexuais (como as religiões pagãs no passado) e abortista, sedento de sangue de inocentes (como as religiões pagãs no passado).
6. Não sou socialista porque não aceito que o próprio Estado tenha se tornado uma religião, exigindo adoração para si acima de todas as religiões, mandamentos, preceitos, etc. O Estado hoje está cada vez mais refletindo a imagem da Besta, se impondo acima das religiões, igualando Jesus Cristo, o soberano Rei do Universo, com todos os falsos deuses, inclusive da bruxaria, e impondo obediência dos cidadãos a seus mandamentos pró-aborto e pró-homossexualismo. O Estado-Besta hoje é uma religião que não aceitará nada menos do que adoração e submissão. 
7. Não sou socialista porque não sou cínico. Querendo ou não, confessando ou não, o cristão que trabalha pelo socialismo está promovendo uma glória estranha, ainda que desavergonhadamente diga que é tudo para a glória de Deus. Jesus não precisa do socialismo para glorificar o seu nome. Jesus não precisa de um Estado assistencialista e provedor de tudo para realizar os objetivos do Reino de Deus.
8. Não sou socialista porque sou cidadão do Reino de Deus. Nesses últimos dias, em que os Estados individuais estão se fundindo e se transformando no superEstado — ou Estado-Besta — previsto no Apocalipse, sinto alegria de fazer parte do exército de resistência profética, que junto com o Cordeiro vencerá (cf. Apocalipse 17:14). O Governo de Deus virá e destruirá o governo mundial da Besta construído durante muito tempo pelos simpatizantes do socialismo e outras aberrações.
9. Não sou socialista porque prego outro sistema de governo. O Rei Jesus Cristo tem seu próprio sistema de governo. Esse sistema de governo se chama Reino de Deus. Enquanto os socialistas ateus, católicos, evangélicos e bruxos pregam o reino de Karl Marx e seus sucessores, eu e muitos outros pregamos o Reino de Deus.
10. Não sou socialista porque não quero ajudar a construir o governo mundial da Besta. Enquanto uma multidão inumerável de socialistas ateus, católicos, evangélicos e bruxos está construindo o reino mundial da Besta mediante o socialismo, eu e muitos outros estamos avançando o Reino de Deus, que destruirá o reino da Besta.
11. Não sou socialista porque não sou cúmplice de ladrão e mentiroso. O Estado socialista, que usurpa o lugar de Deus prometendo preencher todas as necessidades humanas (saúde, educação, moradia, emprego, etc.), tem de cobrar impostos abusivos e criminosos da população. E mesmo depois de roubar sem parar, não cumpre suas promessas. Seja como for, o Estado não tem permissão de Deus para roubar, seja qual for a desculpa para o roubo.
12. Não sou socialista porque creio, conforme Romanos 13, que o papel do Estado é somente castigar os criminosos, inclusive com a pena de morte quando necessário, e elogiar os bons. Qualquer governo que ultrapasse e perverta os limites de Romanos 13 é demoníaco e merece ser denunciado e rechaçado. Qualquer cristão que pregue um governo que ultrapassa esses limites é um falso mensageiro e merece ser profeticamente denunciado.
13. Não sou socialista porque creio nas revelações da Palavra de Deus. O livro do Apocalipse alerta de forma bem clara sobre os perigos da Besta, que será um Estado abrangente e dominador. O Estado-Besta quer sobre si e seus mandamentos a atenção máxima de todos. O Estado-Besta que promete cuidar de todas as necessidades de todos obriga todos os cidadãos a ficar sob sua total cobertura “assistencialista”. O Estado-Besta que exige estar no lugar de Deus reflete na verdade sua alma de Baal, com sacrifícios de bebês (aborto) e sagrados e intocáveis sacerdotes do homossexualismo.
14. Não sou socialista porque tenho olhos para ver e ouvidos para ouvir o que a Palavra de Deus mostra e diz. Quem tem olhos para ver e ouvidos para ouvir, preste atenção no que Deus mostra e diz sobre a Besta, o terrível Estado nestes últimos dias, que enganará a todos. Prometendo dar educação, saúde, moradia, emprego, etc., quem é que não consegue enganar a população? Ano após ano, os políticos mais corruptos fazem essas promessas, e ano após ano a população os elege… O Estado-Besta já sabe o que fazer para capturar o coração do povo.
15. Não sou socialista porque não existe nenhuma ideologia que esteja lutando tanto para que “venha o reino da Besta” quanto o socialismo. Certamente, há outras ideologias colaborando, mas de longe o socialismo é o mestre de cerimônias desse macabro e apocalíptico show da Besta.
16. Não sou socialista porque sou filho de Deus, não fruto de ideologias que impregnam o imbecil coletivo das universidades e escolas. As escolas hoje, possessas da ideologia socialista, deformam os cidadãos, formando a mentalidade socialista em crianças que serão deputados, pastores, padres, médicos — todos num molde só, num só pensamento de que é o governo que deve preencher todas as necessidades de todos. Quebrei o molde. Sou de Jesus!
17. Não sou socialista porque não sou manipulado. A maioria dos pastores da Alemanha nazista usava Romanos 13 para ensinar os evangélicos alemães a se submeterem ao governo nazista. Assim fazem hoje os pastores esquerdistas com os governos socialistas. Assim farão os pastores com o Estado-Besta. Embora esses pastores “revolucionários” usem fielmente Romanos 13 para pregar “submissão e respeito” diante de governos “provedores”, por mais assassinos que sejam, eles não hesitam inflamar seus rebanhos evangélicos com atitudes de rebelião contra todo e qualquer governo que se desvia do ideal socialista.
18. Não sou socialista porque sou seguidor de Jesus Cristo. Eu o amo e ouço sua voz. Jesus é suficiente para mim. Jesus e seu sistema de governo — o Reino de Deus — são suficientes para mim.
Essas são apenas algumas das razões por que rejeito o socialismo e toda ideologia que coloca o Estado no pedestal e no centro da vida dos seres humanos.

Tempo de resistência profética

No entanto, a lavagem cerebral no consciente e subconsciente das massas tem sido um processo tão profundo, gradual e sistemático que mesmo meus argumentos, que podem parecer muitos, são poucos. Eles são como uma pedrinha diante da esmagadora presença do Golias da doutrinação esquerdista predominante em toda a sociedade. Eles são insuficientes para reverter a avassaladora hipnotização ideológica imposta na mentalidade da maioria.
Mesmo assim, continuarei pregando o Reino de Deus e sua justiça.
Mesmo assim, continuarei servindo ao Rei Jesus Cristo no contexto em que estamos — no contexto profético do Apocalipse. É nesse contexto que devemos ver o Estado e no que ele se transformou e no que ele está se transformando.
Enquanto a ordem de Deus em Romanos 13 é respeito e submissão a um Estado que respeita e se submete aos limites e vocação que Deus lhe impôs, a orientação para os seguidores de Jesus no Apocalipse não é nem respeito nem submissão ao Estado-Besta. O Estado mudou, e mudou também a direção de Deus para o comportamento dos cidadãos do Reino de Deus na sociedade moderna. A ordem no Apocalipse é resistência — resistir, até que o Reino de Deus venha.
Com muita alegria então digo, oro e profetizo:
Venha, Reino de Deus!
E certamente o Reino de Deus virá e destruirá todos os sistemas e ideologias que se opõem a Deus e seu governo indestrutível ou se colocam no lugar de Deus.
Amém.
Versão em inglês deste artigo: Why I am not a socialist
Versão em espanhol deste artigo: Por qué no soy socialista
Leitura recomendada:

23 comentários:

Carlos Latorre disse...

Caro Júlio.
Que texto maravilhoso. Vc realmente está de parabéns.
Que Deus o abençoe.
Forte abraço
Carlos Latorre

Isabel disse...

muito bom mesmo,gostei muito da tua sinceridade, mais vale obedecer a DEUS, do que ao homem.

vane disse...

“Tu, pois, cinge os teus lombos, e levanta-te, e dize-lhes tudo o quanto te ordenar; não desanimes diante deles, para que eu não te desanime diante deles” Jeremias 1.17

Atalaias são feitos para avisar o povo.

lol disse...

mais ainda a de haver um grande avivamento olha soh oque ta escrito

apc 7,9;

9 - Depois destas coisas olhei, e eis uma grande multidão, que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, que estavam em pé diante do trono e em presença do Cordeiro, trajando compridas vestes brancas, e com palmas nas mãos;

enfim e ainda ta um pouco longe do fim. hmm talvez a dor inicial do parto?

Cachorro Louco disse...

Julio : Infelizmente a maioria das pessoas que deveriam ler este texto não tem acesso ,ou por ignorãncia ou por não terem computador .É preciso encontrar um meio de divulgar estas palavras junto ao povo em geral ,e junto ao povo de DEUS em especial ,pois muitos estão se desviando por acreditarem nas promessas satânicas de governantes inescrupulosos.
estamos só no começo de nossa luta ,muita coisa ruim virá pela frente ,mas venceremos pela fé e pelas bençãos do SENHOR.

Abraços

Anônimo disse...

Fiz mais uma denúcia no safernet. A bíblia não pode ser usada de maneira irresponsável como esta sendo feito ao se comparar as coisas boas do socialismo com as erradas da bíblia.

marcia disse...

Amem.

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor.

Talvez como Miquéias, não sei se idealmente aplicado, mas aplicável a nossa situação:

Miquéias 2:10 Levantai-vos e andai, porque não será aqui o vosso descanso; por causa da corrupção que destrói, sim, que destrói grandemente.

Nossa esperança está no Céu, em Jesus Cristo, nosso Salvador e quem nos levará, pela fé, aos Céus.

Quanto a Romanos 13 devo ser sim sujeito as autoridades, o máximo possível, mas tudo segundo a Lei que impera primeiramente em nós: Jesus Cristo.

Colossenses 1
4 porquanto ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e da caridade que tendes para com todos os santos;
5 por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual já, antes, ouvistes pela palavra da verdade do evangelho,
6 que já chegou a vós, como também está em todo o mundo; e já vai frutificando, como também entre vós, desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus em verdade;


Nossa esperança está nos céus, e por essa esperança em Cristo é que fazemos o bem em todo o tempo, não para que melhoremos a terra em que vivemos, mas sim com a esperança do nosso futuro em Cristo.

Todo aquele que deseja melhorar a nossa Terra pelo simples motivo de preservá-la, esse contribui para o reino do anti-cristo. Mas todo aquele que faz o bem, mesmo que esse bem gere boa ordem na sociedade e no planeta, o que é bem dificil, mas que faz esse bem visando glorificar a Deus e enaltecê-lo por suas perfeitas obras esse, penso eu estar correto. Por digo que é dificil que o um cristão fiel consiga melhorar alguma coisa. O mundo jaz no Maligno, príncipe deste século; o Maligno sempre perverterá o bem dos justos nessa terra, mas a aflição do justo nessa terra em nada há de comparar com a glória futura.

Que o Senhor continue o abençoando.

Anônimo disse...

Ótimo! Onde é que eu assino?

Anônimo disse...

Anônimo do dia 12, azar é seu! Denuncie-nos, seu covarde! Nós cristãos autênticos preferimos ser denunciados, rejeitados, condenados, presos, torturados assim como Jesus preferiu!

Mate-nos logo! Quero ver!

Você é um Hitler homossocionazifascista detestável e insuportável que tem prazer na inustiça, no ódio e na violência.

Gayistas, socialistas e inimigos de Deus, torturem-nos e matem-nos!

Caiam na ira justa e divina de Deus! Deus vai ficar furioso com vocês no Tribunal dEle, vocês vão se envergonhar, terão medo e vão chorar muito, Ele mandará os anjos jogarem vocês no lago do fogo para serem consumados, queimados e cobertos de fogo, exnofre, vermes e aflicções para sempre!

Testemunho disse...

Amém,Amém e Amém!

Roberto Domingos disse...

"Anônimo disse...

Fiz mais uma denúcia no safernet. A bíblia não pode ser usada de maneira irresponsável como esta sendo feito ao se comparar as coisas boas do socialismo com as erradas da bíblia.

Este camarada, quando criança deve ter comido aquilo em que pisamos quando andamos na calçada.
Querido humanista anõnimo alguns dados de seu glorioso socialismo:
China(Mao Tsé-tung,77 milhões de mortos.
União Soviética (Joseph Stalin), 43.000.000 de mortos
Alemanha (Adolf Hitler aliado de Stalin), 21.000.000 de mortos
Camboja (Pol Pot), 2.000.000 de mortos
Cuba (Fidel Castro)100 mil mortos
Leia mais e se diser que vai nenunciar na Safadanet, só para lembrar é Domingos mesmo, não Domingues.

Silvio Ricardo disse...

Caro Roberto Domingos,

não se dê o trabalho de informar o número de vítimas do Socialismo.

Pra crer que o Socialismo é bom é preciso ser muito cretino (leia-se: comunista, sádico, assassino, servo do demônio...)

Estes f.d.p. querem provocar.

Anônimo disse...

Meu caro anônimo autêntico, nunca passou na minha cabeça a idéia de matá-lo, mesmo isso não faz parte da minha natureza pacífica.
Na realidade eu desejo de coração a sua salvação.
Agora, se achas que com toda esta ira tens um lugar no céu, parabéns, continue assim, seu lugar esta reservado.
Não vejo a hora da grande volta de Jesus!

marcia disse...

Irmão Júlio,
O que afinal é esta tal de "safernet"?, mas que anonimozinho pueril e ameaçador este!!!!
A propósito, qdo eu disse amem acima foi pra sua oração certo?
Hoje conversando com um homossexual, ele me explicou a diferença entre "estes gays ou gayzista" e os homossexuais, e esta ira que os tais apresentam é de uma certa forma um sentimento homfóbico projetado.E que os homossexuais em sua maioria são de direita e entendem que sua situação sexual ~carece de investigação científica. Isto dito por um homossexual masculino que não demosntra qquer alteração em seu comportamento, mode de vestir ou falar.
Agora se o anônimo denunciador quiser apelar prá esta tal de safernet, terá de passar o resto da vida fazendo denúncias! Que modo interessante de passar pela vida não?
Que Deus nos abençoe e nos guarde amem!

marcelo victor disse...

Pelo que me parece, o socialismo no mundo sempre foi estabelecido pelo fio da espada, devidamente apoiado por uma FORÇA (muito bem) ARMADA (e opressora).
As posições do atual desgoverno, no entanto, parecem contrariar essa realidade histórica mundial.
A cada dia que passa, as FORÇAS ARMADAS brasileiras parecem se tornar cada vez mais fracas e desarmadas, ficando atrás (dizem alguns) até dos soldados do tráfico do RJ em termos de motivação, comprometimento, salários e equipamentos.
Nos últimos anos, os projetos de emenda constitucional e decretos elaborados pelos socialistas "brasileiros" (se é que eles têm pátria) parecem incidir diretamente sobre o moral dos militares, minando cada vez mais suas capacidades de reação. Aliás, deixá-los preocupados com reajuste salarial, moradia, saúde e outras questões básicas é um bom golpe para tirá-los da jogada, pois quem está com fome não pensa em outra coisa a não ser em comida (e qualquer migalha ajuda).
Veja que os militares brasileiros (principalmente os do alto comando) parecem estar completamente indiferentes aos roubos, maracutais, desvios e falcatruas noticiadas pela imprensa diariamente, cujos protagonistas são os próprios PeTralhas, contra o maior patrimônio da nação, o povo brasileiro (obs: seria estranha tal indiferença se não conhecêssemos a teoria da pirâmide de Maslow e a máxima da “troca de favores”, tão comum na politicalha atual).
Só se ouve dizer que não é missão constitucional das FFAA defender a população desse tipo de crime, alegando-se que isso tudo é problema da Polícia Federal (como se os militares vivessem em outro país e os nossos policiais estivessem “acima de qualquer suspeita”).
Surge então uma pergunta: em que FORÇA ARMADA apóia-se o governo socialista imoral do PT para agir com tanta tranqüilidade?

Talvez seja loucura da minha parte, mas é possível até raciocinarmos na hipótese de que, em uma das viagens que o Presidente fez ao exterior (as nossas custas), foi estabelecido um acordo com alguma “FORÇA ARMADA” de país estrangeiro, com vistas a garantir a ferro e fogo esse desmando atual...

NÃO DUVIDO DE MAIS NADA, AINDA MAIS VINDO DESSE TIPO DE GENTE!

Em sendo verdadeira essa hipótese, seria mais uma comprovada traição ao povo brasileiro, uma vez que, além da carga tributária desumana (que configura roubo a mão desarmada), se tem notícia de que a Amazônia já está oficialmente nas mãos dos americanos, alemães e japoneses...com o nosso velho General Heleno, que se levantou contra o entreguismo, devidamente esquecido no tempo e no espaço, e praticamente usando seu pijama de bolinhas coloridas (metade verde e metade avermelhada).

marcelo victor disse...

Segundo Nivaldo Cordeiro, eis aí a resposta para minha indagação acima, a respeito da Força Armada que "garante" os PeTralhas:

"...Seu balanço de poder é muito favorável: têm a Presidência da
República, têm a opinião pública, os empresários estão inermes a seus
pés, dependentes de recursos financeiros e de alivio da fiscalização estatal, cujo garrote vil foi apertado ao limite nas últimas décadas.
Têm o sistema de ensino e os meios de comunicação, que estão em
processo de domínio total depois da realização da Confecom. Têm apoios internacionais de que nunca dispuseram. Têm milícias em todos os recantos do país, a começar pelo MST. Têm as universidades, as
igrejas, o meio editorial, o imenso funcionalismo público, por elas inflado criminosamente nas últimas décadas. Têm os sindicatos e os fundos de pensão".

Fernando Corrêa disse...

Graças a Deus, por essa reflexão. Sou estudante de teologia de uma universidade que esta repleta de comunistas infelismente. Cada aluno que chega eles introduzem tais pensamentos que gradativamente vão minado a fé e o compromisso do estudante com Deus.

Seria bom se todos meus companheiros de faculade pudessem ler sua reflexão. Colocarei o link de seu blog no meu.

Grande abraço.

Briam disse...

Bacana o texto; não sou socialista, mas também não apoio o capitalismo. Ambas formas de governo massacram o povo, pois o verdadeiro problema está nos homens. Líderes socialistas perseguem e matam, líderes capitalistas oprimem e abandonam. Enfim, estamos cercados! Não faço comparações, pois o problema é que o ser-humano É o problema, mas se os ideais fossem cumpridos, viveríamos melhor.

Ah, e a melhor forma de governo e a Teocracia: Deus é o Rei! Que o SENHOR reine sobre nós!

Alerta Vermelho disse...

Em toda minha caminhada em 20 anos de conversão enfrentei dificuldades para submeter-me à lideranças eclesiásticas e não entendia porque. Minha formação espiritual não é resultado de EBDs, de pregações em púlpitos ou seminários teológicos, mas de uma vida consagrada a Deus em profundas investigações bíblicas, históricas e outras. Nunca me deixei levar por nenhuma consciência alheia, escolhi ter a minha para saber com quem devo andar ou não. Isto fez de mim um homem solitário, de poucos amigos, mas hoje eu entendo qual é o meu papel no reino.

Julio Severo, não sou um bajulador e odeio que me bajulem. Assim como não me vendo pelo tesouro que perece, também não proponho comprar a ninguém seja pelo preço que for. Porém, sei identificar aqueles que militam a causa pela qual estou disposto a morrer. Hoje, neste artigo eu pude conhecê-lo um pouco mais e quero dizer-te que embora estejamos geograficamente falando muito distantes, no Reino, estamos lado a lado.

Quero fazer, se assim me permitir, cada uma destas frases também a minha fala. Estou sob juramento diante do Trono, e jurei a Ele ir até o sangue pela causa do Reino se for preciso. Sou também a resistência, porque ainda que calem a minha voz, meu sangue clamará. E unido a milhares entoarei meu clamor por vingança sobre a terra.

Pode até parecer-te que as suas pedras sejam pequenas, mas, de pedra em pedra se constrói grandes fortes. Pois lhe digo que estas pedras não lhe foram dadas para derrubar o gigante, isto Ele fará, mas, para construir portos onde muitos que hoje estão à deriva neste mar de confusões possam atracar suas embarcações na medida em que serão despertados meio a fúria dessas águas imundas.

Nesta luta sangrenta os derrotados serão os vencedores. Não será este império também destruído por causa do sangue dos justos? Nas nossas veias está o estopim que deflagrará a explosão da ira atômica a qual nenhum dos inimigos escapará.

Acaso não seremos levantados para possuir a cidade sobre o solo na qual a Ira purificará?
Não te detenha e continue a lançar suas pedras com ousadia porque elas retornarão para ti como pérolas preciosas. Assim diz o Senhor teu Deus.

Robson 'Otto' Aguiar disse...

só que o nazismo não era de esquerda e sim de ultra-direita

Julio Severo disse...

Robson, note que a palavra nazismo vem oficialmente de nacional socialismo, que por sua vez vem de Partido dos Trabalhadores Nacional Socialista. Dizer que o nazismo era ultra-direita é a mesma coisa que dizer que o PSOL é ultra-direita.

Note que a 2ª Guerra Mundial começou quando a Alemanha nazista e a União Soviética resolveram invadir e repartir a Polônia. Os dois regimes socialistas, num pacto de amizade, dividiram a Polônia entre si. Mas, como em toda guerra de gangsters, um dos lados resolveu depois que não queria repartir nada, que queria tudo.

O nazismo controlava rigidamente a economia, a liberdade da população e até a religião. Em que isso diferia da União Soviética? Em ambos os países, os cidadãos eram desarmados.

Agora, se você tivesse acusado os EUA de serem ultra-direitistas, dava para entender, mais ou menos.

Anônimo disse...

Parabéns Sr. Julio Severo! Aqui na minha igreja apareceu um pastor socialista, tentou argumentar comigo que ele esta de acordo com a Bíblia e tal. Não dei conversa para o coitado. Mas está uma epidemia de pastores comunistas dentro da minha igreja,a IECLB, é muito triste e revoltante isso.
Abraço!