7 de janeiro de 2010

Pastor Rick Warren declara que plano de Obama de tornar aborto “legal” e “raro” é contraditório

Pastor Rick Warren declara que plano de Obama de tornar aborto “legal” e “raro” é contraditório

Peter J. Smith
LOS ANGELES, EUA, 10 de dezembro de 2009 (Notícias Pró-Família) — O proeminente evangélico Pr. Rick Warren, autor do livro imensamente popular “Uma Vida com Propósito”, diz que está orando pelo presidente Barack Obama à medida que ele se dirige à questão da crise econômica e da reforma do sistema da saúde dos EUA. Contudo, ele diz que a posição do presidente de manter o aborto “raro” realmente depende da premissa contraditória de que toda vida começa na concepção.
Warren fez seus comentários durante uma participação de 29 de novembro no programa Meet the Press, dizendo que 36 anos de aborto legal desde a decisão Roe v. Wade de 1973 criaram um “holocausto” real.
“46 milhões de americanos não estão aqui hoje. Aqueles que poderiam estar aqui desde Roe v. Wade, que não estão votando”, disse Warren. “Penso que a inocência é um holocausto”.
Warren disse que é verdade que os americanos precisam “ir além dos xingamentos e encontrar afinidades”. No entanto, ele disse que não compreendia como se poderia chegar a tal afinidade mantendo leis irrestritas de aborto e ao mesmo tempo se envolvendo com iniciativas para torná-lo “raro”.
“Olha, ou você crê que é vida ou não”, disse Warren. “Por que você creria que o aborto tem de ser raro?”
“Se um bebê, um feto não é vida, então por que restringi-la?” indagou Warren retoricamente.
Durante a eleição presidencial de 2008, Warren recebeu como convidados tanto o presidente Obama como seu oponente o Senador John McCain para um debate em sua Igreja Saddleback na Califórnia. Quando Warren perguntou ao presidente em que ponto os bebês no útero têm direitos, Obama fez o famoso gracejo de que a resposta estava “muito além do que posso responder”.
O presidente Obama mais tarde escolheu Warren para fazer a oração formal em sua posse de janeiro — uma decisão que enfureceu os ativistas homossexuais que rotularam o pastor evangélico como apoiador da Proposta 8 na Califórnia. Líderes pró-vida também se preocuparam com o fato de que a participação de Warren na posse pareceria como um apoio pró-vida e evangélico a Obama.
Contudo, embora Warren tenha inicialmente apoiado a Proposta 8 (uma medida para proibir o “casamento” de mesmo sexo na Califórnia), ele rapidamente deu meia-volta quando o assunto se tornou fonte de controvérsia pública. Desde então, ele se distanciou completamente das batalhas em favor do casamento e declarou que não interviria se a medida para restaurar o “casamento” de mesmo sexo fosse novamente colocada para votação — uma posição que foi muito criticada por desapontados líderes pró-vida.
Warren, porém, tem um forte histórico de defender o direito à vida e foi um dos signatários de um documento católico e evangélico conjunto intitulado “Para que Eles Tenham Vida”. Essa resolução defendeu que os cristãos autênticos têm a obrigação de cuidar dos mais vulneráveis da sociedade, e definiu que qualquer ação para tirar deliberadamente uma vida humana inocente — inclusive por meio do aborto — é assassinato.
O documento declara: “Compreendemos de forma correta que tirar direta e intencionalmente uma vida humana inocente por meio do aborto, eutanásia, suicídio assistido e pesquisas com células embrionárias é assassinato”.
Veja a cobertura relacionada de LifeSiteNews.com:
Baptist Seminary Prez Albert Mohler Dismayed by Rick Warren About-Face on Homosexual "Marriage"
http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/apr/09041414.html
HLI Challenges Pastor Warren's Participation in Obama Inauguration
http://www.lifesitenews.com/ldn/2008/dec/08121909.html
Joint Evangelical and Catholic Document on Abortion calls it Murder
http://www.lifesitenews.com/ldn/2006/oct/06102305.html
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/dec/09121007.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

14 comentários :

Espírita disse...

Os heterossexuais fazem filhos e depois querem abortar.

Enquanto isso também enchem os orfanatos de crianças abandonadas.

Se o governo permitisse mais adoções por homossexuais haveriam menos crianças sofrendo nos orfanatos.

DENÚNCIA BLOG ANTI CRISTO disse...

AMADO IRMÃO JÚLIO SEVÉRO, A PAZ DO SENHOR!

VEJA ESTA SÁTIRA QUE FISERAM DE SEU BLOG:
http://blog.desfavor.com/search?q=julio+severo+deleta+eu

SUJIRO QUE O IRMÃO DÊ UMA RESPOSTA AQUI A ESTE AUTOR QUE NÃO CONHECE A VERDADE DIVINA.

CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTÁRA.

ESTOU ORANDO PARA A POBRE CRIATURA QUE NÃO SABE O QUE FALA DOS SERVOS DE DEUS.

NO DIA DO JUÍZO FINAL ESTE HOMEM ATEU SERÁ JULGADO POR FALAR MAL DO BLOG DO NOSSO AMADO IRMÃO JÚLIO SEVÉRO QUE SÓ PREGA A VERDADE DE CRISTO! A VERDADE QUE LIBERTA NO SANGUE DE JESUS!!!

André von Kugland disse...

@Espírita
Se no recto houvesse alguma possibilidade de vida, senão para bactérias e protozoários, não abortariam também os homossexuais?
Decerto que haveria (singular, please) menos crianças sofrendo em orfanatos: mas antes que sofram nos orfanatos do que virarem brinquedinhos eróticos desses "casais".

André disse...

Não vejo a hora de ver Júlio Severo preso juntamente com esses pastores e padres pedófilos nojentos, ladrões, estupradores, e toda essa escória da humanidade.

Até Jesus se entregou para ser preso e morrer numa cruz e salvar a humanidade, pq então Júlio que é um seguidor do Cristianismo não se entrega?

Está com medo da cadeia?

Mentira também é pecado segundo o cristianismo. Viver mentindo para ter que se esconder duma possível prisão Deus perdoa??? Então pq ele não perdoa os gays?

Que contraditória essa religião.

Henrique Lima disse...

Mudando um pouco de assunto.

Júlio Severo, sobre aquele vídeo: "Controle da natalidade no mundo ocidental provocando a vitória demográfica do islamismo", parece que isso está se concretizando, veja: "A própria cúpula da UE diz que o continente “precisará” de pelo menos mais 56 milhões de trabalhadores imigrantes até o ano 2050, para compensar o “declínio demográfico”. Ora, até 2015 e somente em Amsterdã, a população já será de maioria muçulmana. Mas isso não importa: será criado um sistema de “blue card”, que permitirá aos seus portadores viajar e trabalhar livremente por toda a União Européia, além de total igualdade em termos de seguridade social." sobre o tratado de lisboa em: http://www.midiaamais.com.br/cultura/2123-tratado-de-lisboa-o-fim-da-europa-se-aproxima

Henrique Lima disse...

"Se o governo permitisse mais adoções por homossexuais haveriam menos crianças sofrendo nos orfanatos."

A não ser que cada homossexual adotasse uns 30 filhos. Isso não seria a solução se tomarmos em conta a proporcionalidade de homos para criança em orfanato. Outra, é que homossexual acho tudo isso um saco, casamento, filho, família. Pra maioria isso é coisa muito convencional e brega. O negócio da maioria dos homos, não todos, é o prazer.

Essa luta todas dos movimentos homossexuais por casamento e adoção de filhos é tudo vaidade.

Silvio disse...

Uma lésbica enfurecida escreveu:
"Em pleno século XXI... pqp! Julio Severo deveria ser queimado na fogueira".

Que grande lição de tolerância dos militantes gayzistas!!!

Isso está nos comentários do site http://blog.desfavor.com/search?q=julio+severo+deleta+eu

Anônimo disse...

Olá.

Sou Procurador do Estado de Maceió e devo alertá-lo que é ilegal o estímulo ao ódio contra qualquer grupo por meio da internet.

Sua ficha está sendo avaliada e já foi aberto processo.

Pare enquanto é tempo.

Renato disse...

A solução para as crianças nos orfanatos seria os juizes pararem de impedir adoções. O principal motivo é simples: A maioria das crianças nos orfanatos tem pai ou mãe, mas estes não "decidem" se querem abrir mão do patrio poder. A solução seria os pais serem obrigados a tomar a decisão num período limitado. Por exemplo, em 90 dias decide abrir mão ou levar a criança para casa.

Há inúmeros casais nas filas para a adoção. E há também alguns juizes corruptos, que seguram o processo para receber algum por fora. É um mundo cão.

Anônimo disse...

As provas da tolerância do movimento gayzista são impressionantes...

Júlio valeria a pena publicar um livro com as imprecações que essa gente escreve para você. Juntamente com uma análise dos possiveis distúbios psiquiátricos deles. Gay militante consegue ser mais maluco que ateu militante.

Renato disse...

O pastor Warren está apenas jogondo para a torcida interna. Ou, talvez, fazendo média com os católicos americanos. Operação lavanderia.

Quando ele já estiver suficientemente "lavado", volta a jogar para o público esquerdista.

Não sei se vale a pena usar as palavras de um sujeito desses para defender a vida. Porque, daqui a pouco, ele vai aprontar alguma esquerdice ou feitiçaria, ou vai chamar o Obama de messias, e você terá de condena-lo aqui.

Gay e conservador disse...

Caro procurador de Maceió, primeiro você deve provar que o blog Julio Severo estimula alguém ao ódio. É mentira sua! A mim nunca estimulou. E vejo que aqui todos que postam seus comentários não tem esse sentimento que você afirma ver. O que se combate aqui é a indecência, a imoralidade e a perversão promovidas pelos grupos de pressão totalitários gayzistas. Essas paradas gays não passam de surubas públicas...

Eu, por espontânea vontade, venho aqui e faço meus comentários. O Blog tem defendido, isso sim, a Moral Cristã, legada por Jesus Cristo a toda a humanidade (incluindo os gayzistas, declaradamente inimigos da moral, da religião e dos cristãos).

Entretanto, falar sobre Moral para gayzistas e defendê-la é a suprema afronta, visto que todo gayzista, em especial o movimento, luta por abolir toda moral. O que o movimento gay quer é leniência com a imoralidade.

Falar que o Blog incita alguém ao ódio é mentira e malícia sua e desses gayzistas (e provavelmente, procurador, você é gay e gayzista).

Sabemos que vocês gayzistas querem é um silêncio absoluto em torno de suas condutas pervertidas. Matérias jornalísticas que comprovem a nocividade dessas condutas abundam mundo afora... Um país como o Brasil, que tem um povo de sólida tradição espiritual e religiosa, não verá jamais com bons olhos e como normal - por que não é mesmo - essas aberrações promovidas pelo movimento gay.

Indico a todos a leitura do seguinte artigo: "MOVIMENTO GAY, A DITADURA DA DEPRAVAÇÃO" no seguinte site http://palavracesa.blogspot.com/2009/11/movimento-gay-ditadura-da-depravacao.html

Silvio Ricardo disse...

Eu queria ver como se comportaria toda essa maldita corriola gayzista comandada pelo Luiz Mott, entre outros, lá no Irã. Será que iriam botar tanta marra na terra dos Aiatolás?

Vai lá Luiz Mott, monta um grupo de pressão gay no Irã, quero ver se tu é corajoso.

Vai, vai gritar os teus impropérios e as tuas insanidades no ouvido dos Aiatolás.

Vai exigir dos Aiatolás o direito de fazer passeata gay, suruba pública, vai...

Vocês bancam os valentões por aqui, mas lá vocês nem sequer abririam essas bocas imundas, porque o Ahmadinejad passaria o ferro em todos vocês.

Aqui no Brasil, onde vocês gozam das liberdades garantidas pela Constituição, querem fazer calar a maioria da população que não aceita essas patifarias.

Com que direito vocês querem calar e submeter a maioria?

Se liguem viu. O dia de vocês pode estar contado. Com Lula na presidência, Ahmadinejad pode começar a ditar as regras por aqui...

Anônimo disse...

Anônimo,

Você que se intitula procurador,
esta procurando o que?
Você deveria procurar estudar geografia e saber que na divisão política do Brasil não existe nenhum estado chamado Maceió, portanto você não pode ter tal cargo,simplismente porque ele não
existe.Maceió é a capital de Alago
as.
Você é limitado no conhecimento, bem como desconhece a linguagem jurídica.