17 de janeiro de 2010

Milagre no Natal: pai atribui à mão de Deus a volta à vida de esposa e bebê

Milagre no Natal: pai atribui à mão de Deus a volta à vida de esposa e bebê

Kathleen Gilbert
COLORADO SPRINGS, Colorado, EUA, 4 de janeiro de 2010 (Notícias Pró-Família) — A experiência de uma família no Colorando com uma tragédia na véspera do Natal se transformou numa dramática celebração do dom da vida quando um pai diz que testemunhou sua esposa e bebê recém-nascido voltarem à vida depois que ambos pareceram morrer no meio do parto.
Mike Hermanstorfer, de 37 anos, disse que não havia nenhum sinal de que algo estava errado quando sua esposa Tracy, de 33 anos, foi preparada para dar a luz a seu filho Coltyn, o terceiro filho do casal, na manhã da véspera de Natal. Hermanstorfer estava segurando a mão de sua esposa enquanto ela estava deitada na cama, dizendo que ela se sentia cansada.
Momentos mais tarde, os médicos descobriram que Tracy havia parado de respirar e estava sem pulsação. A equipe do hospital se apressou para revivê-la com compressões no peito e um tubo de oxigênio, mas acabaram informando Hermanstorfer que seus melhores esforços haviam falhado.
“Eu estava segurando a mão dela quando percebemos que ela morrera”, disse Hermanstorfer. “Minha vida inteira simplesmente se acabara”.
Os médicos rapidamente fizeram um parto cesariano, mas Coltyn parecia sem vida quando foi entregue a seu pai. Depois de alguns minutos agonizantes de médicos tentando reviver o bebê, o pai diz que viu seu filho começar a mexer os braços, e logo foi informado de que sua esposa também havia miraculosamente voltado à vida.
“Senti minhas pernas sumirem”, recordou ele na terça. “Tudo o que eu tinha no mundo me foi tirado, e numa hora e meia tudo me foi devolvido”.
A Dra. Stephanie Martin, especialista de medicina feto-maternal que foi chamada para lidar com a situação difícil no Hospital Memorial de Colorado Springs, disse que a enfermidade de Tracy, e sua recuperação, são um mistério. “Fizemos uma avaliação total e não conseguimos achar nada que explique o motivo por que isso aconteceu”, disse ela.
“Tracy não tinha sinais de vida. Nenhum batimento cardíaco, nenhuma pressão sanguínea, ela não estava respirando”, disse Martin. “O bebê estava basicamente sem força, com um batimento cardíaco bem baixo”.
Tracy, cujo coração começou a bater enquanto ela estava sendo levada às pressas para a cirurgia, diz que não se lembra de nada entre o momento em que ela de repente se sentiu sonolenta e o momento em que despertou depois da tribulação. “Senti como se eu estivesse dormindo”, disse ela.
Embora a ciência médica não tivesse explicação, o Sr. Hermanstorfer atribuiu à mão de Deus a operação de um milagre numa situação de quase tragédia.
“Somos ambos crentes… mas ninguém, nem mesmo um descrente, consegue explicar para mim como isso aconteceu. Não há explicação”, disse ele.
“Sempre que eu puder obter ajuda, eu a aceitarei”, disse Martin, quando lhe perguntaram sobre intervenção divina.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2010/jan/10010403.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

3 comentários :

Anônimo disse...

Com certeza, este milagre só aconteceu porque Mike Hermanstorfer aceitou Jesus como seu único salvador, entendeu que a bíblia é a palavra incontestável de Deus e é um colaborador das obras da Igreja a qual ele pertence.

Que isso sirva de exemplo aos que acreditam em outros deuses.

O Haiti foi devastado pela fúria de Deus, por praticar o VODU.

Até uma criança sabe do que Deus é capaz, mas os praticantes destas seitas ainda não se deu conta do mal que é contrariar a Deus.

Anônimo disse...

O primeiro anônimo lembrou muito bem a importância de crer no Deus verdadeiro. Só lamentamos que na tragédia do Haiti, muito provávelmente tenha morrido cristãos autênticos em missão.

É uma pena que a ira de Deus não dá aviso prévio, o mais acertado a fazer é nos afastarmos das pessoas que pratricam estas seitas satânicas e deixar que elas sofram as tribulações depois que Jesus arrebatar sua igreja. O fim está próximo e eles já tiveram muito tempo se converterem.

Aprendiz disse...

O segundo anônimo disse muita besteira. Deveria ser cortado. A Bíblia não nos autoriza a abandonar ninguém. A ordem é (só citações bíblicas):

1. Chorar com os que choram.
2. Orar em favor de TODOS os homens.
3. Falar a tempo e fora de tempo.
4. Orar pelos que nos perseguem e abençoar os que nos maldizem.
5. Vencer o mal com o bem.

Verifique sua Bíblia, segundo anônimo, devem estar faltando centenas de páginas. Ou, quem sabe, o Tico e o Teco não estão se comunicando bem.