16 de dezembro de 2009

Alemanha enfrenta declínio econômico com um índice de natalidade em queda e população cada vez mais idosa

Alemanha enfrenta declínio econômico com um índice de natalidade em queda e população cada vez mais idosa

Hilary White

ROMA, Itália, 20 de novembro de 2009 (Notícias Pró-Família) — A Alemanha, o ídolo do cenário econômico europeu, poderá enfrentar grave declínio econômico nas próximas cinco décadas por causa de seu índice de natalidade que está caindo dramaticamente e sua população em declínio, disse um novo relatório do governo. O declínio e envelhecimento da população resultarão na eventual desintegração dos generosos programas de assistência social da Alemanha, inclusive pensão para idosos, alerta o relatório.

A Agência Federal de Estatísticas projetou uma queda na população de 82 milhões em 2008, a maior da União Européia, para entre 65 e 70 milhões. Em 2060, 34 por cento da população terá mais de 65 anos e 14 por cento terá 80 anos ou mais, um aumento de 20 por cento e 5 por cento respectivamente no ano passado.

"Embora o número de idosos vá aumentar, haverá menos e menos pessoas em idade de trabalho", Roderich Egeler, o diretor da Agência Federal de Estatísticas, disse no relatório. "Isso terá conseqüências para o sistema de seguridade social".

Os 82 milhões de cidadãos da Alemanha a tornam o país mais populoso da UE, perfazendo 16.4 por cento da população européia total. Em seguida vem a França, com 64 milhões, o Reino Unido, com 61 milhões, e a Itália, com 60 milhões. Nenhum desses países tem um índice de natalidade que permita que a população permaneça estável e todos dependem da imigração para manter a população e a força de trabalho.

A Alemanha, a Letônia, a Eslovênia e a Itália estão entre os países da UE com a percentagem mais baixa de jovens. Nesses países, só 1 de cada 8 habitantes tem menos de 14 anos. Esses números contrastam com países na África que têm, em média, algumas das populações mais jovens do mundo.

No Burundi, a idade média dos homens é 16.5 anos e das mulheres é 17 anos com o índice de natalidade em 41.42 nascimentos/1.000 habitantes. Cada mulher tem 6.33 filhos. A expectativa de vida é baixa, porém em média é 51.2 anos para os homens e 53.01 anos para as mulheres.

Na Alemanha, a idade média dos homens é 42.6 anos, para as mulheres é 45.2 anos com 8.18 nascimentos/1.000 habitantes e um índice total de fertilidade de 1.41 filhos nascidos por mulher. As aposentadorias terão de subir para uma expectativa média de vida de 76.26 para os homens e 82.42 para as mulheres.

O relatório do governo veio depois de um relatório de outro instituto de pesquisa que na semana passada disse que a Alemanha tem uma das populações mais idosas dos 27 países da Europa e está enfrentando eventual "catástrofe" demográfica e falência de seus programas de assistência social.

O relatório da Agência Federal de Estatísticas disse que o número de pensionistas que terão de ser sustentados pelas pessoas em idade de trabalho poderá ser quase o dobro em 2060.

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/nov/09112010.html

Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a "Notícias Pró-Família". Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para "NoticiasProFamilia.blogspot.com". O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

2 comentários :

Pr. Alberto Thieme disse...

Otimo, Julio. Seus artigos sao realmente serios e tem nos ajudado a entender muita coisa que está acontecendo. Felizmente tem o BLOG onde podemos encontrar informacoes confiaveis, com fontes e tudo. Parabens. Pr. Alberto Thieme

Anônimo disse...

Que comunhao ha entre a luz e as trevas ????
Mas os senadores ditos da "bancada evangelica" (Crivella e Magno Malta) deram o sim ao Ditador Venezuelano. Povo de Deus, escolham melhor seus representantes. Estes senhores nao tem coerencia, sao estupidos ou estao em pele de ovelha. Deus tenha misericordia de nos.