10 de novembro de 2009

Enquete do Senado: Senado isenta-se de negligências culpando hackers

Enquete do Senado: Senado isenta-se de negligências culpando hackers

Imprensa esquerdista também acusa hackers usando como base a opinião do site homossexual ParouTudo, que publicou artigo defendendo pedofilia

Julio Severo
Em matéria intitulada “Hackers atacam enquete do Senado sobre lei contra discriminação de gays”, o Portal Imprensa diz: “Um resultado incomum em uma enquete do site do Senado Federal suscitou investigação do departamento de tecnologia da Casa nesta segunda-feira (9). Na última quarta-feira (4), foi aberta a votação referente a criação de uma lei que torna crime a discriminação homossexual. Em um hora e meia, a enquete obteve cerca de 250 mil votos”.
Embora não tenha dito que houve ataques de hackers de ambos os lados, o Portal Imprensa cita a opinião do “site ParouTudo, ligado às causas do movimento GLS em Brasília (DF)”. Na matéria, ParouTudo acusa que “a alternativa ‘não’ manteve absoluta liderança enquanto a questão esteve aberta à votação”.
Dois anos atrás, na mesma época em que meu blog foi fechado por alguns dias por causa de acusações e calúnias dos ativistas homossexuais, denunciei que o mesmo site ParouTudo havia publicado um artigo defendendo abertamente a pedofilia. (Veja o texto pedófilo aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2007/07/pedofilia-e-homossexualismo.html) Eu pedi que as autoridades investigassem e se mobilizassem, mas hoje, mais de dois anos depois, absolutamente nada foi feito. Será que isso é o vale-tudo homossexual? A pedofilia só não é crime quando é defendida por homossexuais?
O site ParouTudo continua no ar, sem nenhum problema, mas paira sobre meu blog o risco de ser fechado pelo Ministério Público Federal. Esse é o Brasil de Lula, onde um site homossexual pró-pedofilia não enfrenta nenhum problema do MPF, enquanto meu blog que denuncia a pedofilia sofre acusações legais preconceituosas.
Com relação à enquete do Senado, se houve ataques de hackers, houve dos dois lados, mas duvido muito que o Senado e a imprensa se importassem se o ataque tivesse sido cometido apenas por hackers satisfazendo os caprichos pró-homossexualismo do governo.
E mesmo agora que o Senado invalidou as votações anteriores, a pergunta da enquete continua tendenciosa, Quando visitei a enquete ontem e hoje, havia problemas para votar e ver os resultados.
Suspeito que o Senado se sentiria mais tranqüilo se os brasileiros votassem em grande parte a favor do PLC 122 — o que é extremamente improvável, pois uma pesquisa realizada por um instituto ligado ao PT já comprovou que 99% dos brasileiros não aprovam o homossexualismo.
Receio que o Senado só ficará satisfeito quando hackers pró-homossexualismo inclinarem os resultados da enquete para dizer exatamente aquilo que o governo Lula quer ver. Aí as acusações e desculpas terminarão, e os resultados da enquete serão usados como evidência de que o povo brasileiro quer a aprovação de leis que punem as pessoas que têm opiniões contrárias ao homossexualismo.
Leia mais:
Para contribuir para este blog, clique aqui

8 comentários:

INTERNAUTAS CRISTÃOS disse...

É Júlio, esses esquerdistas só conseguem levar adiante seus planos diabólicos mediante manipulação, fraude e deturpação dos fatos.

Já está mais que provado que o povo brasileiro não aprova o homossexualismo, e quer ter o direito de expor essa opinião.

Parabéns pelo site.

Cristo te abençoe.

Júlio Lins disse...

É um absurdo! Toda vez que o Não abre vantagem, a votação encerra e retorna com o Sim ganhando.

Rorschach disse...

Será que haverá alguma mobilização contra essa monstruosidade ?
http://www.youtube.com/watch?v=-w7ZmUMeKg4&feature=player_embedded

Guilherme disse...

A Enquete voltou, mas agora, não interessa quantos votem, o resultado não sai do 50% pra cada lado.

Mesmo com número de votos ímpar.

Maria Luisa Moraes disse...

Eu não posso acreditar nisso...
Como autoridades podem calar a boca da população? O que houve com o Diretas Já??!!
Estamos mesmo vivendo os últimos tempos, só sobreviverá àquele que permanecer no Senhor!!
Éhhh denitivamente inacreditável tal acontecimentooo!!!

INTERNAUTAS CRISTÃOS disse...

Agora os gayzistas estão nos caluiando e tentando inverter as coisas. Vejam:

http://mixbrasil.uol.com.br/upload/noticia/5_69_74983.shtml

Roberto Domingos disse...

Existem informações que foi dado um "reset" na contagem anterior, quem já havia votado deve voltar lá e votar de novo, temos que reafirmar nossa vontade.
http://www.senado.gov.br/agencia/default.aspx?mob=0

Anônimo disse...

Como disse um site pró-PLC 122, "A gente acha que você não deve votar e apagar seus cookies para votar novamente."
Pois é. Não apaguem os cookies e votem só uma vez. Tenho certeza de que os militantes gays estão votando apenas uma vez.
Se é que me entendem...