17 de novembro de 2009

Ativistas gays da Escócia condenados à prisão perpétua por pedofilia

Ativistas gays da Escócia condenados à prisão perpétua por pedofilia

Thaddeus M. Baklinski

EDIMBURGO, Escócia, 3 de novembro de 2009 (Notícias Pró-Família) — Um influente ativista gay e líder de grupo de jovens, juntamente com outro ativista homossexual, foram presos, em sentenças de prisão perpétua, por seu envolvimento na maior rede de pedofilia já descoberta na Escócia.

James Rennie, que já foi coordenador do grupo Jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) da Escócia e ex-professor, e Neil Strachan, ex-secretário de um grupo de meninos celtas e defensor de questões homossexuais, foram condenados em maio em acusações que incluem ataques sexuais a meninos, conspiração para abusar de meninos e posse e distribuição de pornografia infantil.

Rennie e Strachan eram líderes da rede de pedofilia que foi descoberta em 2007 depois de uma intensa investigação policial, cujo nome de código era Operação Álgebra.

A investigação levou à prisão de seis outros homens além de Rennie e Strachan, e à apreensão de mais de 125.000 imagens e vídeos de abuso infantil.

Rennie, de 38 anos, foi condenado por 14 crimes, incluindo estuprar um menininho que era deixado ocasionalmente sob o cuidado dele por amigos durante um período de mais de quatro anos, começando quando o menino tinha três meses de idade. Rennie foi sentenciado à prisão perpétua, com direito à soltura condicional após 13 anos de cadeia.

Strachan, de 41 anos, foi condenado por 9 crimes, inclusive tentar sodomizar um bebê do sexo masculino de 1 ano e meio e de atacar sexualmente um menino de seis anos. Ele foi sentenciado à prisão perpétua, com direito à soltura condicional após 16 anos de cadeia.

O juiz Lord Bannatyne disse que a dupla é culpada de repulsivos e horrorosos abusos de confiança, já que ambos os homens haviam abusado de meninos de amigos entregues a eles para tomarem conta. Ambos fotografaram os abusos.

"Esses crimes envolvem crianças reais e muitas das fotos envolvem crianças sendo sexualmente abusadas, muitas vezes de forma horrorosa. Há vítimas reais desses crimes, isto é, as crianças que foram fotografadas e abusadas", disse Lord Bannatyne.

Bannatyne impôs uma ordem judicial de restrição permanente, usada para os criminosos sexuais mais violentos e perigosos, para ambos os homens, indicando que provavelmente eles "seriamente colocariam em perigo o bem-estar físico de alguém do público". Essa ordem os colocará debaixo de projetos de avaliação e administração de risco pelo resto da vida.

Veja a cobertura anterior de LSN:

Líder de rede de pedofilia era influente assessor de assuntos homossexuais e crianças do governo escocês
http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2009/05/lider-de-rede-de-pedofilia-era.html

Diretor de grupo homossexual declarado culpado de envolvimento com rede de pedofilia
http://noticiasprofamilia.blogspot.com/2009/05/diretor-de-grupo-homossexual-declarado.html

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/nov/09110308.html

Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a "Notícias Pró-Família". Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para "NoticiasProFamilia.blogspot.com". O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

4 comentários :

Marcia disse...

Começaram a cair! Seria interessante enviar este tipo de matéria para o senado visualizar quem estão tentando protejer!E, se esta PL passar, os pedófilos e pederastas serão os próximos a serem beneficiados por ela (PL122/2006), concordam?

Anônimo disse...

Você só posta o que é conveniente a você né filho da puta?
É um louco que não olha a si próprio, falta de pinto mesmo.
Eu sei que você curte uma rola também!
Você inventa essas noticias, e nelas não tem credibilidade nenhuma, se eu te pego na rua, te mato a pauladas.
Tem medinho da verdade? Bichona

Anayran Pínheiro de disse...

Desculpa senhor Anônimo, porém ao contrário do senhor, o sr. Júlio tem mais credibilidade por dar a cara a tapa e receber comentários como esse sem se esconder no anonimato ao contrário do senhor.
E vejo que o senhor não tem respeito ao se dirigir com outras pessoas que não gostam/apoiam o homossexualismo, já que somos livres ao escolher no que pensamos, mas pela graça de Deus, odeio o pecado do homossexualismo, porém odeio mais ainda o pecado da homofobia.
E creio que assim como o senhor está tendo o direito de postar aqui, em território amigo (nunca inimigo, pois somos de Cristo, e fazemos questão de pregar aquilo que Jesus considera certo), talvez o senhor se interesse em dar uma olhada nesse post em um outro blog muito interessante:
http://reformaecarisma.blogspot.com/2009/03/homofobia-e-pecado.html

Espero que o senhor considere minha crítica, e reveja seu protesto contra o senhor Júlio. A luta dele estará sendo bem recompensada, ainda mais que o prêmio não virá por mão de homem.

Em Cristo,

Anayran.

Anônimo disse...

Humanos!!!!!
Concordo com vc Anayran, somente me reservo a consciência cristã, de não odiar a ninguém, mas entendo o ódio como uma manifestação extrema da não concordância (aqui no caso homossexualidade).
Conheço alguns homossexuais e digo que os amo, pois em sua maioria são pessoas doces e deveras carentes de aprovação! Porém visualizo em suas personalidades um grande "conflito" interno e, por vezes transforman-se em agressores verbais como no caso do Sr. Anônimo acima. Obviamente este é um discurso de autodefesa, o que vem a comprovar a carência de uma assistência psicológica, pois discursos assim, por xs são causadores de atos impulsivos deveras perigoso.
Em tempo, este Sr., descontente com a manifestação pública contrária a sua ideologia, certamente seria membro atuante do movimento (prógay), agride por puro descontentamento pessoal e baixa tolerância a frustração.
Irmão Júlio,estamos sempre orando por vc, pois sua bravura e coerência com a "raça humana", pelo menos com a que restou, tem mantido um discurso aberto e verdadeiro que nos possibilita a tomar alguma medida para proteger nossa sociedade e familias.
Em nome de minha familia eu lhe aplaudo e, certamente o nosso Deus estará contigo nesta batalha.
Penso que os homossexuais "da direita", concorde e se manifestem.
A todos desejo paz e bençãos de nosso Pai que a todos ama, inclusive o Sr. Anônimo ai de cima!
Marcia (hj só consegui entrar como anonimo)