17 de outubro de 2009

Jovem inglesa sofre ataques e danos cerebrais depois de receber injeção da vacina HPV

Jovem inglesa sofre ataques e danos cerebrais depois de receber injeção da vacina HPV

James Tillman

6 de outubro de 2009 (Notícias Pró-Família) — Uma moça de 18 anos sofreu graves danos cerebrais de ataques que começaram depois que ela recebeu a vacina Cervarix.

Stacey Jones, de 18 anos, de Bilston em West Midlands na Inglaterra, começou a ter ataques dias depois de receber a primeira injeção. As convulsões acabaram provocando danos cerebrais tão graves que ela teve de ser internada numa unidade de fisioterapia para reaprender tarefas simples.

A mãe de Stacey, Julie Jones, crê que a vacina Cervarix é insegura e provocou o inchamento no cérebro que foi diagnosticado como a causa dos problemas neurológicos de Stacey.

A Cervarix, feita pela GlaxoSmithKline (GSK), vacina pacientes contra as variantes 16 e 18 do papiloma vírus humano (HPV), que é uma doença sexualmente transmissível. O objetivo da vacina é proteger contra o aparecimento mais tarde do câncer cervical, que é provocado por essas duas variantes em aproximadamente 70% dos casos.

A Cervarix também contém o adjuvante AS04, que é usado para estimular o sistema imunológico do corpo para criar mais anticorpos.

O Ministério da Saúde da Inglaterra começou a vacinar meninas de 12 e 13 anos de idade com a Cervarix no ano passado; mais de 1,4 milhões de vacinas foram aplicadas até o momento. O governo inglês afirma que a vacinação generalizada com a Cervarix salvará 400 vidas por ano. A droga é recomendada pelo Ministério da Saúde, mas não é obrigatória.

Houve mais de 4.600 reações adversas registradas com relação à vacina na Inglaterra. Além de ataques, outros efeitos adversos registrados incluem paralisia, náuseas, perda de consciência, tremores, dores de cabeça, fraqueza muscular, vertigem, desmaios, visão embaçada e dores. A Vigilância Sanitária dos EUA ainda não a aprovou para uso nos EUA.

A Cervarix foi anteriormente acusada de provocar a paralisia da cintura para baixo de uma menina de 13 anos, Ashleigh Cave, que desmaiou 30 minutos depois de receber a injeção na escola. A mãe da menina, Cheryl Cave, está planejando ações legais contra o fabricante da vacina, GlaxoSmithKline.

Uma menina de 14 anos morreu recentemente logo depois de receber essa vacina, embora muitos afirmem que ela provavelmente morreu por causa de algum problema pré-existente. GSK lembrou o lote usado para vaciná-la como medida de precaução.

A Dra. Diane Harper, que ajudou a desenvolver a droga, afirmou numa entrevista ao jornal Sunday Express que a droga está sendo “comercializada além do normal” e que poderia haver sérios efeitos colaterais. Os riscos de tomar a vacina, de acordo com ela, poderiam ser piores do que o risco de contrair o câncer que a vacina ajuda a prevenir. Ela também afirmou que a droga não faria nada para baixar as taxas do câncer cervical.

No ano passado, a GlaxoSmithkline (GSK) ganhou um contrato com a Inglaterra para distribuir a vacina. GSK vem competindo com Sanofi-Pasteeur MSD, que estava comercializando a vacina rival Gardasil, desenvolvida pela Merck. O governo economizou aproximadamente 18,6 milhões ao decidir usar a Cervarix em vez de Gardasil. Embora a Gardasil seja usada mais amplamente do que a Cervarix, ela vem sendo ligada a muitas reações graves nos EUA, inclusive morte, aborto espontâneo e a Síndrome de Guillain-Barre.

Organizações religiosas e pais também estão criticando a distribuição da Cervarix afirmando que aumentará a promiscuidade, e que a melhor cura para o HPV é simplesmente praticar a abstinência antes do casamento.

Veja artigos relacionados de LSN:

14 Year Old British Girl Dies after HPV Vaccination
http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/sep/09092914.html

Deaths Associated with HPV Vaccine Start Rolling In, Over 3500 Adverse Affects Reported
http://www.lifesitenews.com/ldn/2007/sep/07092004.html

Controversial HPV Vaccine Causing One Death Per Month: FDA Report
http://www.lifesitenews.com/ldn/2008/jul/08070316.html

Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com

Fonte: http://noticiasprofamilia.blogspot.com

Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2009/oct/09100603.html

Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

Informações sobre vacinas infantis


Nenhum comentário :