10 de junho de 2009

O preço da elevada popularidade de Lula

O preço da elevada popularidade de Lula

Apesar de suas políticas anti-vida e anti-família, grandes investimentos estatais em propaganda garantem popularidade para Lula

Julio Severo

Noticiou o jornal O Estado de S. Paulo: “A aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu de 78% em março para 80% em junho, apontam os dados da pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta terça-feira, 9. O porcentual de entrevistados que consideram o governo ótimo ou bom também melhorou: passou de 64% para 68%. O índice dos que desaprovam a gestão de Lula caiu de 19% para 16%”.

Com certeza, os entrevistados não foram perguntados se aprovam ou não as políticas do governo Lula de apoio escancarado à homossexualidade e ao aborto, nem se estão satisfeitos com a educação sexual pornográfica que seus filhos recebem em escolas públicas. Contudo, como um governo tão dedicado ao homossexualismo e ao aborto consegue permanecer protegido de críticas necessárias de grande parte da mídia e ainda por cima experimentar crescimento de sua popularidade?

A explicação está no… bolso. No bolso do governo, que tem — nosso — dinheiro de sobra para investir no que quiser. E no bolso de grande parte da mídia brasileira, que recebe dinheiro do governo exclusivamente para levantar a popularidade de Lula.

Só em 2008, um número impressionante de 5.297 jornais, revistas, rádios e TVs foram pagos — com o dinheiro público — para transmitir propaganda favorável ao governo Lula, passando a perna até mesmo em empresas poderosas, como a Fiat, que anunciou em 206 mídias diferentes, e o Itáu, que investiu em 176.

Em maio, o governo Lula divulgou os números oficiais de quanto gastou em publicidade entre 2003 e 2008. O gasto foi uma cifra exorbitante de R$ 6,3 bilhões. Sem esse elevadíssimo investimento, o papel da imprensa mudaria de propagandista e beneficiária do governo para entidade livre para criticar ou elogiar os atos do governo.

Além disso, o governo tem seus truques para remover do caminho jornalistas críticos, fazendo da imprensa “livre” do Brasil meramente uma classe de aproveitadores e sugadores que não trabalham desatrelados dos interesses e dinheiro do governo.

No estado em que estão, acomodados e bem pagos, os meios de comunicação do Brasil não têm estímulo nenhum para cumprir um papel de legítima imprensa livre.

Com o método de persuasão através do bolso, até o inferno poderia garantir popularidade. Principalmente em tempos de crise, quando jornais, TVs e rádios no mundo inteiro estão falindo, qualquer dinheiro que venha do governo é muito bem-vindo.

Assim é que investimentos milionários de empresas estatais como a Petrobras, Banco do Brasil e a Caixa em “inocentes” anúncios comerciais mantêm a imprensa “livre” do Brasil “livre” da disposição de criticar o governo, que é seu aliado e investidor.

O método de “benevolência estatal” funciona com ricos e pobres, igualmente. Quando o assunto é comprar popularidade, o governo Lula não faz discriminação e acepção de pessoas. Aos ricos que têm canais de televisão e rádio, vai a bolsa-concessão. (Você nunca notou que todos os pastores e bispos donos de TV são “amigos” de Lula?) Aos pobres, vai a bolsa-família. Aos meios de comunicação, vai a bolsa-anúncio. Seria de estranhar que um governo tão “benevolente” não conseguisse garantir uma alta popularidade?

Seria impossível Lula ganhar a presidência pela terceira vez? Tudo depende da persuasão do bolso! A maioria dos brasileiros, políticos ou não, simplesmente não consegue resistir a essa persuasão.

O governo Lula pode ser um fracasso ético, moral, espiritual e econômico em muitas áreas, mas pelo menos sabe “conquistar” o apoio do público e da mídia.

A “benevolência” e popularidade do governo Lula não vêm de graça. Custam um elevado preço para o bolso de quem paga impostos. É você mesmo quem custeia no final a bolsa-concessão, a bolsa-família, a bolsa-anúncio e a própria propaganda estatal de conquista de popularidade.

Quem ganha sorri. É por isso que os donos de canais de TV estão sorrindo. Eles têm seus motivos. Eles são pagos para isso. Mas muitos brasileiros, que não estão ganhando nada, sorriem abobalhadamente para a propaganda de um governo que sodomiza a inocência de seus filhos na escola e, contrariando a vontade da maioria da população, luta para promover o aborto e o homossexualismo. Eles pagam a conta de tudo e ainda sorriem.

No passado dizia-se que a melhor propaganda é o caráter. Quando não se tem caráter, gastam-se bilhões do dinheiro do próprio povo. Só no ano que passou, o governo Lula gastou 1 bilhão de reais somente em anúncios publicitários na mídia, tornando-o o maior anunciante do país. É de estranhar então a hesitação da mídia brasileira de lidar com os escândalos de Lula e seu governo?

Fonte: www.juliosevero.com

Leia também:

O presidente que o inferno pediu

Lula & Bispo Macedo: alianças estranhas garantem a “liberdade de imprensa” no Brasil

Ministério da [in]Justiça do governo Lula quer controle rígido sobre a Internet

Brasil não assegura livre expressão, avalia OEA

12 comentários :

Anônimo disse...

Lula é o maior farsante que o Brasil já conheceu, sem sombra de dúvidas.

Mentiroso, demagogo, totalitário, anarquista, vigarista... Faltam as palavras pra descrevê-lo. E ainda tem gente que o apoia, não por ser mais enganada por ele, e sim por ser tão cafajeste e sem escrúpulos tanto quanto.

Eu não me engano mais com determinados 'pobres' brasileiros, pois muitos deles são vagabundos, preguiçosos, aproveitadores e malandros, e pensam que sairão da pobreza dormindo ou prejudicando os outros, vide as bolsas-esmola da vida. É a esse tipo de gente, mal caráter e cheia de intenções maquiavélicas, que sustentam o governo de Lula. A sanguessuga e suas companheiras.

Anônimo disse...

Eu não concordo com o anonimo de cima. Lula é um ótimo presidente. Muitos brasileiros não possuiam microondas e outros confortos mas com o governo Lula muitos conseguiram adquirir. Isso prova que é uma injustiça que estão fazendo com o presidente. Cade que outros que passaram pelo governo federal conseguiram vender para paises que o Brasil nunca vendeu.
Quanto Lula ser vigarista qual politico que não é???

Tiago Fernandes disse...

Júlio bom dia.Concordo com esse artigo em gênero,número e grau.Mas ficamos naquela situação:Se correr(mudar de governo)o bicho pega e se ficar o bicho come.Só Deus para ter misericódia de nós.

Anônimo disse...

Ah, é verdade: Lula descobriu o Brasil, trazendo a industrialização pra cá, inclusive. Puxa... minha vida era tão atrasada, mas Lula, com seus poderes mirabolantes, deu um jeito em tudo e hoje ela é uma maravilha, mas eu não reconheço isso, né? Que malvado que sou... É bem capaz que o deus molusco resolva me mandar para a terra de seu amiguinho Fidel, a quem ele tanto admira, pra ser fuzilado no paredón, por eu ser tão ingrato pra com o Messias de 9 dedos!

Lula é o Salvador da pátria, e merece até destituir Jesus Cristo do posto que tem no coração das pessoas. Lula deveria se colocar como divindade máxima do panteão de todos os cafajestes que o idolatram!

"Quanto Lula ser vigarista qual politico que não é???" é o típico pensamento do brasileiro acomodado, conformista, que não importa os meios, quer se dar bem a qualquer custo.

Ô racinha deplorável!!!!

Anônimo disse...

Na eleição lula x collor trabalhei para o lula.Eu tinha 22 anos.
Eu era voluntário ( eles diziam que o lula era pobre e morava de favor na casa de um empresário ).
Já quem trabalhava para o collor ganhava R$10,00 naquele tempo.

ATÉ HOJE ME ARREPENDO DE TER FEITO ISSO.QUE DEUS ME PERDÕE.

O PT é um recinto do mal.

Luis Antonio disse...

Que pena o povo de Deus está perdendo A visão espiritual estão aceitando o Gerente dos assacinos de feto e padrinho dos homossexuais por causa de uma situação fibnanceira melhor é o fim,Filipenses 3:20 Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, fiquém com o assacino de feto e padrinho da indecencia por prosperidade eu fico com a Biblia.

Roger Santos - disse...

Caro Julio, sou seu servo e irmão em Cristo. Estou vendo o Jo Soares, tem um Padre Anglicano falando sobre homossexualismo, aborto e afins... se puder poste algo aqui. AbRaços.

Roger Santos
jvmcristao.blogspot.com

Anônimo disse...

Não creio que a popularidade do Lula seja graças a propaganda.
Tudo bem, ele apóia muita coisa que nós cristãos verdadeiros não apoiamos, agora, devemos admitir que ele é um presidente competente, que está gerindo muito bem nossa economia e está fazendo no social o que nunca foi feito por nenhum presidente.
Ele é falso, sim, mas todo político é, mesmo assim prefiro ele no poder do que os tucanos.
Você tem de admitir Júlio, o Lula é popular e isso deixa muita gente com inveja.

A. Gomes disse...

Lula nada mais é do que um oportunista barato dotado de incrível habilidade para detectar as fraquezas (especialmente as fraquezas espirituais) das pessoas e conquistá-las por este meio.

Deixem seduzir-se só mais um pouquinho perante esses gramiscistas inimigos da liberdade e da individualidade para ver o que acontecerá a seguir...

Ismael Pio Elias disse...

Lulla é um gênio político, no sentido malicioso do termo, tal qual Hitler, Obama, Hugo Chavéz, e outros personagens de grande esperteza e habilidade em lidar com as massas.
O sucesso de Lulla deve-se principalmente à atitude da maioria dos brasileiros de querer "dar uma de esperto" e sempre "levar vantagem".

Quem tenta ser muito esperto acaba sempre sendo enganado por profissionais na arte de enganar, como Lulla e companhia.
Mas os brasileiros não são enganados por serem ingênuos, ao menos não a maioria, eles são enganados por serem amadores tentando ser espertos, esperando vencer o maior mestre brasileiro da enganação no seu própio jogo.

Quem tenta ser muito esperto acaba se tornando imensamente burro e tolo quando tenta "levar vantagem" em cima de "Lulla, o magnífico", mestre do engodo e da enrolação, ardiloso como uma serpente, camuflado como um camaleão, e sagaz como um chacal.

Brasil, um país de tolos!

Anônimo disse...

O povo quer pão e circo.
O pior é que muitos ditos evangélicos
estão nessa.

maguito disse...

Caro Júlio,
parabéns pelo blog.
Este comentário é somente para dizer que toda a sociedade tem que tomar duas atitudes:
Satygraha e Ahimsa.
E para iniciarmos, o VOTO NULO é um voto verdadeiro de protesto contra tudo e todos de ruim que estão aí.
Temos que dar um basta.
Meu blog: http://bocaonopulpito.wordpress.com
Abraços.