25 de março de 2009

Um Brasil evangélico?

Um Brasil evangélico?

Perspectiva de um evangélico sobre a possibilidade de um Brasil majoritariamente evangélico no futuro

Julio Severo
Vi o futuro evangélico do Brasil. Não, não tive nenhuma visão sobrenatural. Apenas vi um cenário regional real que aponta acertadamente para uma realidade nacional.
Muitos evangélicos pensam que o quadro caótico do Brasil mudaria se a maioria da população do Brasil fosse evangélica. Mais evangélicos brasileiros significaria mais integridade, honestidade e justiça no Brasil?

São Gonçalo: espelho do futuro evangélico do Brasil?

Conheci São Gonçalo, no Rio de Janeiro, município que, de acordo com o Pr. Fernando Rezende, tem a maior concentração de pastores e igrejas evangélicas por quilometro quadrado de toda a América Latina.
Assim como todo o Brasil, São Gonçalo reflete muito bem a diversidade evangélica, com templos e denominações das mais tradicionais até as mais modernas. Andando por São Gonçalo, sente-se a presença evangélica por todos os lados.
Contudo, São Gonçalo tem fama de ter características evangélicas? É um município com elevado índice de assassinatos, violência, crimes, prostituição, etc. É um lugar conhecido pelo abandono, lixo, sujeira, etc. E, não por coincidência, o primeiro caso de união civil homossexual a receber aprovação do Superior Tribunal de Justiça veio de… São Gonçalo!
Onde o Evangelho de Jesus Cristo entra, o efeito é resplandecente: as trevas recuam. Mas em São Gonçalo as trevas recuaram?
Não só há uma grande concentração de pastores e igrejas em São Gonçalo, mas importantes posições políticas ali, inclusive de prefeito, estão nas mãos de evangélicos. Mesmo assim, ativistas homossexuais ocupam posições importantes da prefeitura. Onde está há mudança do Evangelho?
Claro que há homens e mulheres ali que são fiéis a Deus e clamam por justiça. Mas a pergunta é: Por que muitos pastores estão envolvidos em esquemas de corrupção em São Gonçalo? Por que tantos esquemas ligados a autoridades políticas evangélicas ali? Onde estão os profetas de São Gonçalo para bradar contra as alianças evangélicas com as trevas da corrupção política?

Os evangélicos e a política: o que está acontecendo?

Algum evangélico poderia me perguntar: “Julio, como você poderia aplicar o exemplo de São Gonçalo a um Brasil evangélico no futuro?”
Minha resposta: “São Gonçalo é evangelicamente diferente do resto do Brasil?”
Há muitos fatores em comum a considerar, principalmente espirituais, porém vou focalizar apenas no aspecto político.
Todo evangélico, seja líder ou não, tem poder político. Em São Gonçalo, evangélicos simples, sem nenhuma posição de liderança política ou religiosa, têm usado seu poder político para manter no poder indivíduos sem a visão e integridade do Reino de Deus. Aliás, os evangélicos simples é que decidem o rumo político de São Gonçalo, pois eles têm o poder do voto.
Não é assim também no Brasil inteiro? Evangélicos compõem parte significativa e importante dos eleitores, mas os resultados eleitorais estão mostrando um aumento de influência dos valores do Reino de Deus? O voto evangélico está pondo no governo homens que, em vez de obsessão de promover o aborto e o homossexualismo, têm como alvo levar o Estado a cumprir sua responsabilidade de castigar os maus e dar segurança aos bons?
Há abundante corrupção na política de São Gonçalo. Por que evangélicos que atuam na política ali não são diferentes de quem não é evangélico? Notável exceção foi o Dr. Geremias Fontes, que foi prefeito de São Gonçalo de 1959 a 1962. Mais tarde, durante o regime militar, ele se tornou governador do Rio de Janeiro, deixando como exemplo uma integridade política e administrativa que não se vê nos políticos atuais de São Gonçalo e Brasil. Ele foi o político mais honesto que já conheci em todo o Brasil.
Por que a presença forte de evangélicos na política atual de São Gonçalo e a presença forte de pastores e igrejas evangélicas na sociedade de São Gonçalo não estão mudando o quadro de corrupção, crimes, assassinatos e prostituição da região?
A população evangélica de São Gonçalo usa seu poder voto nas eleições. Por que as mudanças espirituais não vêm?
Evangélicos e até pastores entram na política de São Gonçalo com boas intenções. Por que eles acabam espiritualmente fracos e corruptos?
Como um futuro Brasil evangélico seria diferente dessa realidade?

Onde está o Brasil diferente?

A população evangélica do Brasil usa seu poder voto nas eleições. Onde estão as mudanças políticas nacionais que agradam a Deus?
Evangélicos e até pastores entram na política do Brasil com boas intenções. Por que eles acabam espiritualmente fracos e corruptos?
O aumento da presença evangélica na política está mudando o quadro caótico do Brasil? Pelo contrário, mesmo com grande presença evangélica, Lula, com toda a sua obsessiva devoção política ao aborto e à sodomia, foi eleito por muitos votos evangélicos, com o apoio ou silêncio da maioria dos líderes evangélicos.
Portanto, o que o Brasil precisa é de um futuro evangélico? Um grande aumento nacional de evangélicos poderia transformar o Brasil na República Federativa de São Gonçalo.
O que o Brasil precisa é de seguidores de Jesus Cristo que tenham coragem de viver e levar a sério os valores do Reino de Deus na política.

O evangélico e o Estado ladrão

O evangélico na política engole as visões ideológicas que lhe são impostas de todos os lados e nada vê de errado no acúmulo estatal de riquezas a custa de impostos assaltantes. Décadas atrás, o Brasil tinha uma carga de impostos sobre os cidadãos de 10%. Hoje, essa carga aumentou para um peso insuportável e inimaginável de praticamente 40%!
Isto é, a maior parte dos recursos de impostos hoje é produto de roubo estatal, por meio de leis injustas. Como um seguidor de Jesus conseguiria ser um bom administrador de recursos públicos adquiridos por meio de furto estatal?
O Estado brasileiro, injustamente enriquecido com taxação criminosa, alega que sua elevadíssima cobrança de impostos tem como finalidade ajudar os pobres e investir na saúde, educação, etc. O seguidor de Jesus aceitaria tal desculpa?
O que diríamos de um evangélico que investiu 4 milhões de reais em hospitais infantis e escolas? É uma boa e louvável ação, sem dúvida. Mas o que diríamos se a procedência desses 4 milhões fosse produto de roubo, onde um ladrão assaltou um banco e depois deu tudo ao evangélico, que por sua vez deu tudo para obras de caridade?
O investimento foi certo, porém o dinheiro é sujo, pois é produto de roubo. Administrar produto de roubo não traz bênção para quem o administra. Será por isso então que a maioria dos políticos evangélicos do Brasil não está sendo abençoada e ainda cai em escândalos?

Roubar para “ajudar” os pobres?

Como pode um evangélico (ou católico) ser um bom administrador de produto de roubo?
Muita severidade é injustamente atribuída a Deus por causa de seus mandamentos, mas ele nunca ordenou que o Estado roube dos cidadãos. O Estado faz isso por conta própria.
Na Bíblia, Deus orienta as pessoas a repartir com os pobres. Nunca Deus sugeriu que o Estado tem o poder e a autoridade de roubar de uns para dar para outros.
No plano de Deus, a repartição de bens deve ser motivada exclusivamente pelo amor ao próximo, não por tirania e abusos de impostos estatais. Quando o Estado usa sua força nessa área, o resultado é ódio e morte em grande escala.
O sistema socialista, que afirma apenas querer distribuir a renda entre as pessoas, é responsável por mais de 100 milhões de assassinatos.
O sistema socialista é uma afronta total aos ensinamentos de Jesus, que prega o amor e ações motivadas por amor.
Por isso, para alcançar um nível onde as pessoas sintam amor pelo próximo, a sociedade precisa do Evangelho. Quando o assunto é amor, o Estado é ineficaz e inútil. O Evangelho promove amor entre os cidadãos, sem roubar de uns para supostamente dar para outros. Mas quando o Estado, com a alegação de ajudar os pobres, rouba através de impostos, o ódio avança.
Por coincidência, nenhuma ideologia promoveu mais ódio e assassinatos do que o socialismo. Como então tantos evangélicos no Brasil podem abraçar uma ideologia maldita que derramou tanto sangue cristão durante a história da humanidade?
Como é que os evangélicos brasileiros, seguindo a direção dessa ideologia, conseguem entrar na política, querendo ser homens espiritualmente íntegros sendo ao mesmo tempo “bons” administradores de produtos de roubo através de impostos injustos?
Muitos evangélicos seguiram tal rumo e as conseqüências estão aí, mas o seguidor de Jesus age diferente. Ele entra no sistema político com os valores imutáveis e inabaláveis do Reino de Deus e muda o sistema. Ele não entra no sistema para se tornar apenas mais uma parte da engrenagem.

O seguidor de Jesus sempre faz diferença

O seguidor de Jesus entra no sistema político e, vendo os 40% de furtos estatais em impostos, luta para trazer justiça na forma e quantidade de o Estado cobrar e administrar os recursos públicos. O seguidor de Jesus levará o Estado a cumprir somente o chamado que Deus lhe deu: castigar os culpados e elogiar os bons.
Os que se opõem a Deus dizem que é crueldade dar mensalmente dez por cento da renda a Deus, porém nem mesmo entre o próprio povo de Deus ninguém questiona quando o Estado brasileiro cobra a força 40 por cento da renda do trabalhador!
A Bíblia diz que Deus deu ao Estado a autoridade de levar a espada — que significa a autoridade de usar a pena capital em criminosos perigosos. O Estado brasileiro leva a espada — que é o poder de fazer ameaça letal aos criminosos — não para acabar com a criminalidade e com os criminosos, mas para ameaçar os cidadãos bons com cobranças abusivas de impostos.
O Estado se tornou divino ao exigir dos cidadãos um “dízimo” compulsório quatro vezes maior do que o dízimo que é entregue ao único e verdadeiro Deus.
É impossível fazer a vontade de Deus na política sem fidelidade ao Reino de Deus. Os políticos evangélicos de São Gonçalo não são prova dessa realidade? Aliás, muitos políticos evangélicos de todo o Brasil são evidência desse fato. É impossível ser servo de Deus na política sendo “bom” administrador de produto de roubo.
Contudo, os políticos evangélicos são os únicos culpados pela falta de grande mudança positiva no Brasil? Os eleitores evangélicos do Brasil provavelmente são os maiores culpados, pois usam seu poder de voto quase sempre de forma errada. Quantos políticos pró-aborto e pró-homossexualismo que governam hoje o Brasil não foram eleitos por muitos evangélicos?
O seguidor de Jesus, ao ser confrontado apenas com opções de políticos corruptos na hora da eleição, se abstém. Mas o eleitor evangélico, ou católico, vota no “menos pior” — porque o mesmo Estado que lhe suga criminosamente impostos elevados também o doutrina sistematicamente que é “dever democrático” votar, seja em quem for.
O seguidor de Jesus não dá ouvidos ao Estado ladrão e a ideologias totalitárias. Ele dá atenção à voz do Espírito Santo.
Seja como político ou como simples eleitor, o seguidor de Jesus é realista, e entende que está lidando com um Estado que, em vez de cumprir sua função fundamental de castigar crimes reais, é praticante de crimes e furtos.
Seja como político ou como simples eleitor, o seguidor de Jesus se entrega nas mãos do Político supremo para trazer mudanças políticas ao Brasil. Ele não será simplesmente administrador do Estado ladrão, mas será servo do Reino de Deus na política brasileira, disposto a seguir toda ordem do Rei.
Vendo São Gonçalo, vi o Brasil evangélico do futuro! Agora vejo que o Brasil, mais do que nunca, precisa de um aumento de homens e mulheres fiéis ao Reino de Deus. São esses homens e mulheres que serão usados por Deus para transformar o Brasil.
Outros artigos interessantes:

16 comentários :

Anônimo disse...

É muito natural que o número de evangélicos cresça nas regiões pobres do Brasil, onde a oferta a granel de milagres encontra terreno fértil, como é o caso de São Gonçalo.

Devemos considerar que o fato de se levantar o braço no apelo à conversão, de forma muitas impulsiva e emocional, não torna ninguém cristão automaticamente.

E devemos considerar também que a decisão de se aceitar Jesus como seu único e exclusivo salvador não é suficiente para que uma pessoa possa se intitular evangélica.

Claro que esta é a primeira condição para a fé cristã, mas é preciso que a pessoa seja maturada, curtida em barris de carvalho, até que esteja apta espiritualmente para entender a si e ao mundo que a cerca do ponto de vista cristão.

Religião é um MODO DE VIDA; não é apenas um simples "status personalis", onde a pessoa a aplica conforme as suas subjetividades e idiossincrasias.

Religião traz em si símbolos, rituais, historicidade, heróis, jeito de ser, de fazer, de agir e de amar etc.

Por fim, se existem incoerências entre o que se prega e o que se pratica em São gonçalo, muito provavelmente é por culpa de ensino religioso torcido e equivocado, ensinado por esses inumeráveis seminários duvidosos espalhados pelo Brasil.


Antonio Ahmed Ramadan Jamal.

Sandra disse...

Não será um grande aumento Nacional de evangelicos que poderá transformar o Brasil e muito menos São gonçalo, como se diz quantidade não é qualidade....ONDE ESTÃO OS PROFETAS?....a ganancia e a ambição pelo PODER E DINHEIRO fala mais alto...a quase trinta anos no ministério.....observei que um lider começa bem (humilde) depois de um tempo que seu ministerio cresce...e como se diz ganha fama... ele cai na cilada do poder da carne...do diabo..etc..etc...o DINHEIRO fala mais alto....escandalos e mais escandalos... e esses lideres são tão sínicos que se fazem de vitimas quando o lado deles se aperta... vem persuadir a igreja com chantagens emocionais...onde o nosso povo brasileiro fala e age mais pela emoção do que pela verdade e justiça, são convencidos pelos tais a (obedecer) a autoridade mesmo que este vá contra os principios biblicos,como roubo, lavagem de dinheiro usando instituições para crianças, idosos..etc..é muita sujeira debaixo do tapete...atras das cortinas dos ministerios... cheira mal, fede...são verdadeiros sepulcros caiados...sem falar da prostituição....não adianta aparencias é só ter um pouco de discernimento....entrar no recinto e sentir o cheiro...se é a essencia do perfume de Cristo ou não...vamos ACORDAR povo de Deus. como Ezequiel vamos advertir o justo para não se desviar da sua justiça e o perverso do se mau caminho Ezequiel:3 e 33, ONDE ESTÃO OS ATALAIAS....ONDE ESTÃO OS VERDADEIROS PROFETAS DE DEUS...que Deus de discernimento e sabedoria ao povo da amada igreja de Deus, que levantem homens e mulheres de Deus verdadeiramente compromissados com o reino de Deus e tementes a sua palavra e seus mandamentos...Deus os chama... os comissiona a uma responsabilidade de fidelidade e compromisso genuino com seu povo. Deus o abençõe

Anônimo disse...

"Evangélicos"?

Quem são?
De onde vieram?
Onde estão?
Para onde vão?
O que fazem? (Isso todos sabem!)

SER SAL E LUZ! ESSE É O MANDAMENTO DO SENHOR JESUS!

Cristiano Santana disse...

Também não me deslumbro com a idéia de um Brasil totalmente evangélico.

Desculpe repetir isso, mas crescimento quantitativo não é a mesma coisa que crescimento qualitativo. Vejamos os Estados Unidos que são considerados uma nação protestante, cujo lema é "God bless América". O secularismo está acabando com o cristianismo naquele país. A maioria é composta apenas de protestantes nominais.

Concordo com o autor desse artigo, tendo como principal fundamento o fato de os evangélicos não estarem fazendo a diferença como genuínos cristãos, de acordo com o paradigma bíblico. Os evangélicos de hoje são muito diferente de Jesus.

Enquanto Jesus disse que não aceitava glória dos homens nós cantamos, pregamos, pastoreamos e até limpamos o chão da igreja com a intenção exclusiva de receber elogios, aplausos e reconhecimentos por nossas obras.

Enquanto Jesus lavou os pés dos discípulos colocando-se na posição serviçal de escravo, nós queremos ser tratados como senhores e nos consideramos ultrajados quando nos pedem para ajudar a arrastar simples um banco de igreja.

Enquanto Jesus andava na companhia dos pobres e marginalizados nós buscamos estar ao lado de pessoas célebres que possam nos oferecer algum tipo de vantagem.

Enquanto Jesus disse que devemos amar e abençoar os nossos inimigos nós entregamos nossos desafetos nas mãos de Deus, na esperança de que alguma desgraça venha a lhe acontecer.

Enquanto Jesus chorava pelos que se perdiam nõs utilizamos o púlpito da igreja para louvar alegremente e engrandecer ao Senhor por Ele ter matado de câncer alguém que nos maltratou.

Enquanto Jesus aceitou, no Getsêmane, o cálice de sofrimento que Deus tinha lhe preparado, nós não aceitamos nenhuma situação de tribulação em nossas vidas, pelo fato de dizerem, por aí, que a vida do crente é só de vitória.

Enquanto Jesus chorou abundamente pelos pecados de Jerusalém e pela morte de Lázaro, nos choramos somente quando assistimos cenas românticas de novela, manifestando total indiferença para com as desgraças alheias e as misérias que assolam este mundo pecaminoso.

Enquanto Jesus dizia que o reino dele não era deste mundo, nós sonhamos em construir impérios neste planeta, esquecendo que a nossa pátria é celestial.

Enquanto Jesus ensinou que os últimos serão os primeiros e que o maior deverá ser o menor, nós sonhamos sempre com as primeiras posições, estando dispostos a passar por cima de todo aquele que se coloque à nossa frente.

Enquanto Jesus disse para perdoarmos setenta vezes sete nós achamos que a única coisa que o nosso ofensor merece é a vingança.

Enquanto Jesus perdoou a Pedro, dando-lhe uma nova chance, embora o tenha negado três vezes, nós costumamos ser duros e inflexíveis com aqueles que erram conosco.

Enquanto Jesus corajosamente perguntou aos seus discípulos se eles queriam também seguir as pessoas que se retiravam, escandalizadas com a sua dura palavra, nós procuramos agradar a multidão com o doce e suave evangelho do comodismo.

Enquanto Jesus chamava de bem-aventurados os que choram e sofrem perseguições, nós reputamos como amaldiçoados de Deus qualquer um que esteja passando por tribulações.

Cristiano Santana
http://cristisantana.blogspot.com

GRUPO GUARARAPES disse...

O BRASIL EM PERIGO

O Brasil encontra-se em perigo e poderá tomar três direções graves: perda de parte de seu território; partir para uma ditadura de esquerda disfarçada de democracia ou marchar para uma revolução social.

O GRUPO GUARARAPES vai apontar fatos que levam a afirmação acima.

1. Solução dada pelo STF ao caso da Raposa Terra do Sol. O brasileiro para entrar nestas terras demarcadas necessitará de passaporte?

2. O STF considera furto de pequeno valor não CRIME. Pode-se entrar num supermercado e roubar feijão ou arroz? E se for uma bicicleta? Com esta decisão o pequeno pode roubar. O STF apenas igualou com os grandes ladrões da coisa pública, que estão soltos e até defendidos por autoridades. FOLHA SP 21-3 09

3. Pelas notícias dos jornais e o que vai se sabendo o SENADO DA REPÚBLICA apodreceu. Ficou sem moral. Lá tudo pode acontecer da noite para o dia.

4. Brasileiros são condenados a prisão perpétua nos EUA por crime de seqüestro e no Ceará um seqüestrador é solto pela justiça, pois o STF disse que ninguém pode ficar preso antes do processo passar em julgado. Todos os criminosos soltos.

5. Jornais publicam declaração do Presidente da Republica de que não cumprirá a ordem de deportação do criminoso caso seja esta a decisão do Supremo. O GRUPO GUARARAPES nem pode imaginar uma coisa desta.

6. O Ministro da Defesa, do alto de suas tamancas, ataca e procura humilhar general que vai para a reserva. A honra do militar foi ferida e o militar não aceita coisa deste tipo, particularmente de quem não tem moral para tal, pois é criminoso confesso de ter falsificado a Constituição Federal Brasileira.

7. Existe uma guerra no Rio e em São Paulo. Bandidos procuram criar áreas livres para prática do crime.

8. Livro de geografia apresenta erros grosseiros no Mapa da América do Sul. Milhões de reais jogados fora e ninguém responsabilizado.

9. O senhor Delúbio, o grande envolvido no escândalo do mensalão, no seu legítimo direito, procura voltar ao seu Partido. Vai voltar e será eleito deputado federal pelo seu Estado.

Finalmente, estamos assistindo a campanha para as eleições de 2010 na rua. Vão gastar o último tostão do País para eleger o candidato do governo e a compra de vota vai ser pratica pela liberação das verbas parlamentares. Já foi assim na eleição passada. Tudo legal e o PAÍS chegando a ter uma dívida interna próximo 2 trilhões de reais.

RESPONDAM SE: O BRASIL NÃO SE ENCONTRA EM PERIGO?

QUEM VAI SEGURAR A BOIADA? AS FORÇAS ARMADAS DIRIGIDAS PELO ATUAL MINISTRO?

SOLUÇÃO: BRASILEIROS DE PÉ PARA DEFENDER A PÁTRIA?

ESTAMOS VIVOS! GRUPO GUARARAPES!

25 DE MARÇO DE 2009

Anônimo disse...

Querem saber porque as coisas estão assim ???
Porque temos sidos mau doutrinados nas igrejas e nos seminários que se dizem "cristãos"!
Basicamente fomos ensinados que:

1º- Jesus Cristo é PODEROSO, mas só no nome, pois Ele no máximo só "MUDA" a vida do indivíduo, MAS NÃO A SOCIEDADE!

2°- O EVANGELHO NÃO É MAIS O PODER DE DEUS PARA SALVAR TODO AQUELE QUE
CRÊ, mas uma "BOA FILOSOFIA DE VIDA" para nos fazer "ENRIQUECIDOS FINANCEIRAMENTE" ou um bando de "DERROTADOS" diante do mundo(dependendo da igreja)! Um motivo de piada!

3°- As Leis de Deus reveladas no Antigo Testamento eram de uma importância PASSAGEIRA, ensinando assim, que ela não mais possui UTILIDADE NOS NOSSOS DIAS! A Lei de Deus é algo imperfeito e que pertence à "VELHA DISPENSAÇÃO"!

4º- O Reino dos Céus, manifestado através da IGREJA e inalgurada com a ascensão de Cristo , foi iniciada para o FRACASSO, pois muitos ensinam que SATANÁS E SEUS EXÉRCITOS ACABARÃO BREVEMENTE NOS "SUFOCANDO", TORNANDO INSUPORTÁVEL A NOSSA VIDA NESSE MUNDO,E TENDO QUE CRISTO NOS "ARREBATAR" PARA NÃO PASSARMOS PELA "GRANDE TRIBULAÇÃO".

5°- Deus é NEUTRO ou como eu diria... TOTALMENTE DESINTERESSADO sobretudo por POLÍTICA e ECONOMIA!!

Esses ERROS TEOLÓGICOS são ensinados pelo:

Dispensacionalismo;
Pré-milenismo;
Amilenismo;
Neo-pentecostalismo;

Agora vocês sabem o que precisamos fazer?
1 - Orar pedindo à Deus o DICERNIMENTO!
2 - Confessar os nossos PECADOS, SOBRETUDO aqueles causados pela MIOPIA ESPIRITUAL mas sem esquecer a NOSSA COVARDIA, DESINTERESSE E COMODISMO e nos ARREPENDER!
3 - Estudar com EMPENHO E SERIEDADE as ESCRITURAS SAGRADAS!
4 - ABRAÇAR com toda a nossa FORÇA,ZELO E SINCERIDADE(que vem do Senhor) TUDO O QUE APRENDEMOS À LUZ DA BÍBLIA, DIANTE DE DEUS E DOS HOMENS!
5 - DENUNCIAR e COMBATER estes ERROS!

"Mas, nos dias desses reis(o último foi o império romano), o Deus do céu suscitará um REINO que não será JAMAIS DESTRUIDO; nem passará a soberania deste reino a outro povo; mas esmiuçará e consumirá todos esses reinos, e SUBSISTIRÁ PARA SEMPRE." Dan 2:44

"Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei- vos, porque É CHEGADO O REINO DOS CÉUS." Mat 4:17

"Agora é o juízo deste mundo; agora será EXPULSO o PRÍNCIPE deste mundo." Jo 12:31

*Obs: Deus é aquele que GOVERNA esta Terra, não o Diabo pois ele está EXPULSO!

"Disse o Senhor ao meu Senhor: ASSENTA-TE À MINHA DIREITA, até que eu ponha OS TEUS INIMIGOS por escabelo de teus pés. saiba pois com certeza toda a casa de Israel que a esse mesmo Jesus, a quem vós crucificastes, Deus O FEZ SENHOR e Cristo." At 2:35 e 36

"pela ressurreição de Jesus Cristo, que ESTÁ À DESTRA de Deus, tendo subido ao céu; havendo-se-lhe SUJEITADO os ANJOS, e as AUTORIDADES, e as POTESTADES."
I Pe 3:21 e 22

Aleluia!!! Esse é o REINO PROMETIDO! Esse é o REINO MILENAR!

Anônimo disse...

Ja fui Evangelico de uma Denominação muito conhecida no Brasil e o Seu Lider muito mais ainda (não revelarei qual mais tenho certeza todos conhecem) tive muitos desgostos e começei a ter pertubações
dia de culto entrava na Igreja os presentes maioria "eu acho" não estavam tão interessados no ouvir da Palavra Santa como eu deveria estar muitos debóches ironias me retirei deste templo e desta Igreja
Hoje estou novamente a procura de uma Religião seje Católica ou Evangélica pois um homem para se desviar dos mal caminhos nesse mundo pertubado tem de Crer em Deus

Sandra disse...

Amado, queria dizer a voce que disse que já foi evangelico de uma denominação conhecida e teve muitos desgostos,e disse muito bem ao dizer que um homem para se desviar dos mal caminhos nesse mundo pertubado tem que CRER EM DEUS, fico feliz que ainda arde em teu coração a procurar (uma religião) bem.... religião a muitas, diversas...mas procurar uma igreja evangelica onde pregue CRER EM JESUS CRISTO QUE FOI ATRAVÉS DA SUA MORTE NA CRUZ E DO DERRAMAMENTO DE SEU SANGUE, QUE VOCE FOI REDIMIDO DOS SEUS PECADOS. CRER É RECONHECER QUE JESUS CRISTO É VERDADEIRAMENTE O ÚNICO FILHO DE DEUS E O SALVADOR DO HOMEM, TEMOS QUE DECIDIR EM SEGUIR A jESUS EM TUDO O QUE A BIBLIA MANDA FAZER, pois te digo não importa o que está ao teu redor, pessoas sem compromisso com Deus que ironiza e debocha, em lucas 18:7,8 e 9 diz: Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los? Digo-vos que depressa lhes fará jusiça. Contudo, quando vier o filho do homem, achará porventura fé na terra?Propôs também esta parabola a alguns que confiavam em si mesmos por se considerarem justos, e desprezarem os outros. Olhe somente para Jesus e confie nele porque ele é fiel contigo. DEUS AMA VOCÊ! PENSE NISTO! FOI EM VIRTUDE DO SEU AMOR QUE ELE O SALVOU E O TROUXE A UMA VIDA DE BENÇÃOS EM JESUS CRISTO. DEUS O ABENÇÕE Sandra

Anônimo disse...

Sobre este alerta escatológico do Grupo Guararapes postado aqui no blog - preocupadíssimos que estão com a bandalheira nacional - não é difícil de perceber que a mentalidade militar brasileira ainda continua obsoleta como os armamentos que possuem.

Creio que agora seja tarde demais para essa espécie de rompante, vazio de ideologia e sem conexão com os fatos que estão acontecendo no mundo, e sobre os quais o Brasil não tem nenhuma idéia, porque é apenas um passivo e tonto expectador.

A burrice dos militares brasileiros reside no fato de acharem que a correlação de forças entre dois opostos se resolve com a vitória militar do mais forte sobre o mais fraco.

Jamais levam em consideração (como o filósofo e pensador Thomas Hobbes levou em consideração), que quando os fracos se organizam, por mais que o forte seja forte, ele nunca terá sossego.

Foi o que aconteceu:

Ganharam a batalha contra a esquerda armada na década 70, e no entanto, os "fracos" se reorganizaram, e agora estão todos aí, no poder, exibindo a velha e boa ideologia com um visual repaginado.

Outra burrice do pensamento militar brasileiro é achar que nacionalismo é ideologia.

Tanto é verdade, que o Socialismo sobreviveu mais tempo do que o Nazismo, porque este se baseou na idéia circunscrita de raça e território, enquanto aquele se pretendeu católico e internacional, por isso durou mais tempo.

Os Guararapes deveriam saber que nacionalismo é apenas uma condição, local e temporária, que se dilui com o tempo: impérios caem, fronteiras são redefinidas e países desaparecem; um pedacinho ou um pedação de terra não dá identidade nacional a ninguém; muito menos samba, futebol e carnaval.

Mas como bem diz o filósofo e escritor Olavo de Carvalho, língua, religião e alta cultura são os únicos componentes de uma nação que podem sobreviver quando esta nação encerra seu ciclo histórico.

Mas eu pergunto:

Como este país pode continuar seu ciclo histórico se o idioma português vem sendo tratado a bofetões, e a educação básica vai de mal a pior? Como este país pode continuar seguindo em frente se Caetanos Velosos e Gilbertos Gis são elevados à condição de intelectuais?

Mas ainda, como o Brasil pode continuar seguindo seu destino histórico se o brasileiro vai quatro vezes à Igreja: quando nasce, quando faz primeira comunhão, quando casa e quando morre?. E de resto vai na macumba.

Continuando, como o Brasil pode ser reconhecido como país importante na comunidade internacional de nações se a cultura superior foi transformada tão-somente num centro de formação profissional?

Amigos Guararapes. A conjuntura é mais complicada do que imaginam!

Se os amigos derem-se ao trabalho de ler o profeta secular Samuel Huntington, eminente professor da Universidade de Harvard - os amigos poderão observar que toda a civilização gira em torno de um Estado-Núcleo, cujo o poder faz dele Estado-Núcleo.

Mas como na atualidade os Estados Unidos estão em decadência e já não possuem mais força moral para sustentar o comando do processo civilizatório judaico-cristão - por conta de inúmeros fatores - é aí que entra o "Choque das Civilizações", de Samuel Huntington, que afirma com bastante propriedade que o novo Estado-Núcleo será comandado por um país ISLÂMICO, PELOS MUÇULMANOS; como única força moral capaz de botar a civilização judaico-cristã contra a parede.

Perceberam?

As questões são mais complexas do que a gente imagina.

Antonio Ahmed Ramadan Jamal.

Anônimo disse...

O ditador lula e cia (que muitos "cristãos" e "líderes evangélicos" votaram e apoaim) vem com mais uma das suas para implantar um estado ditador e policialesco no Brasil.Estão querendo, literalmente, invadir a sua privacidade.E aí? você vai permitir?

Leia, proteste e divulgue:

http://congressoemfoco.ig.com.br/noticia.asp?cod_canal=1&cod_publicacao=27595

Julio Severo disse...

Quer saber qual é a meta da ditadura lulista? Siga este link do meu blog: http://juliosevero.blogspot.com/search?q=Safernet

prof_fort disse...

Nunca acreditei nessas estatísticas sobre os evangélicos. Os números são verdadeiros, mas a quantidade de verdadeiros evangélicos não passa de um por cento desse valor. O que vejo são falsos evangélicos na grande maioria e um grande número de evangélicos - se é que são - fazendo muita coisa para denegrir a imagem dos verdadeiros servos de Cristo. Se for feita uma sondagem na vida desses evangélicos de São Gonçalo, veremos que falta conhecimento bíblico correto e sobra muito desrespeito à Palavra de Deus. Muito desrespeito às autoridades, crentes envolvidos com dívidas e endividados, mal-testemunhos aos montes...
Na verdade nunca vou crer nessas estatísticas. Para mim, são uma verdadeira piada... Quanto mais para Deus!

pastor victor

grato a Deus por tudo sempre

joyce disse...

bom...
o que todos ja comentaram, fazem sim muito sentido
mas, se nos perguntarmos, será que esses, que nao tm compromisso de verdade cm Deus, não são vítimas?

claro... eu conheço gente, que viu o próprio inimigo dizendo que iria matá-lo, e mesmo assim escolheu andar em caminhos de perdição!!

ms, eu tambem conheço muitas pessoas, que são vítimas de um evangélio doentio que foi repassado com natural

infelizmente, isto e muito comum, em várias igreja muito abençoadas,

acho que, o que o Brasil precisa, e de pessoas, com compromisso genuino, que não gerem filhos espirituais mimados e tímidos

mas que peçam sabedoria ao Pai, pra servir de exemplo, como pessoa ousada e de carater cristão

porque infelizmente, pessoas que são muito abençoadas, acabam mimando filhos espirituais, que rpassam isso para os que vem depois dele, assim espalhando, esse vírus contaminador

quem sabe, devemos orar mais, por carater e sabedoria, pra levar um evangélio sadio e corajoso

- a paz seja com todos, amém!!

Murilo Woigt disse...

Graça e paz!

O texto é saudável ao trazer para discussão / meditação estatísticas, fatos políticos históricos e valores morais e éticos.

No entanto, me desagrada o fato do autor ter usado a palavra Evangélico indiscriminadamente.

Creio que o texto não trata de Evangélicos, mas de "Pseudo-Evangélicos".

Ao assumirmos como verdade que tais políticos de São Gonçalo são evangélicos e não fazem diferença naquela cidade, estamos assumindo como verdade um evangelho morto e ineficaz, e eu não creio nisso.

Creio num evangélho genuino, que não só aproxima o homem de Deus, mas que também o faz ministro do Reino e cooperador com Cristo.

O que nossas TVs e Jornais não param de exibir são retrato de um pseudo-evangelho, vivido por pseudo-evangélicos.

Que isso fique bem claro.

Em Cristo,
Murilo

Flavia Tavares disse...

Só tem um porém Evangélicos são os Católicos Apostólicos Romanos e os ortodoxos que seguem os Evangelhos de Jesus Cristo. As seitas que se opõe a Igreja Católica e que dizem seguir a Cristo são Protestantes e não seguem o evangelho de 2000 anos atrás, mudando as palavras dos versículos de acordo com a mente de algum líder.

Anônimo disse...

"mudando as palavras dos versículos de acordo com a mente de algum líder."

Opa, estamos falando de qual Concílio? Niceia II? O segundo de Lyon?