5 de março de 2009

Igreja perseguida na era dos shows gospel

Igreja perseguida na era dos shows gospel

Entretenimentos gospel estão engolindo a atenção do público evangélico ao sofrimento dos cristãos em países comunistas e muçulmanos?

Julio Severo
Pelo segundo ano consecutivo, participei do evento da VINACC (Visão Nacional para a Consciência Cristã), em Campina Grande, Paraíba em 2009. A VINACC ficou famosa por ter sido violentada em seu direito de livre em expressão, pois sua campanha de outdoors em defesa da família foi proibida por pura queixa e preconceito de grupos homossexuais fanáticos em 2007.
Os esforços da VINACC para conscientizar a população são muito importantes. Sem conscientização, um povo é tragado por forças culturais destrutivas. Aliás, em sua Palavra Deus diz que seu povo é destruído por lhe faltar o conhecimento.
Sem uma conscientização forte e sistemática, o povo evangélico não compreenderá o perigo que representam os projetos de lei anti-“homofobia”. Pude comprovar isso no próprio evento da VINACC. Fiz todo empenho para que a Missão Portas Abertas (PA), do Irmão André, estivesse presente no evento.
Sempre tive carinho por PA. Foi lendo as revistas da PA em 1981 que tomei consciência do sofrimento dos cristãos inocentes perseguidos em países comunistas. Foi aí, em grande parte, que fui educado a encarar o comunismo e seus derivados (socialismo, Teologia da Libertação, Teologia da Missão Integral, etc.) como ameaça satânica ao Cristianismo.
Por isso, muito me alegrou ver PA com a oportunidade de estar no evento da VINACC, que durou uns 7 dias de fevereiro de 2009, com um público aproximado de 80 mil pessoas. Um número impressionante para os padrões do Nordeste.
Portas Abertas fez apelo a toda essa multidão, para que fizessem assinatura da sua revista, que informa sobre o sofrimento dos cristãos perseguidos ao redor do mundo. O custo da assinatura anual era apenas 35 reais. Contudo, a resposta foi excepcionalmente intrigante: de 80 mil pessoas, apenas três fizeram assinatura no stand da PA na VINACC, conforme informação que os próprios líderes da PA ali presentes me deram na última noite do evento.
Esse número baixíssimo de evangélicos interessados no sofrimento de cristãos de outros países revela de forma assustadora como a seriedade e atenção do público evangélico foram capturadas e redirecionadas para outros objetivos.
Se um cantor ou cantora gospel de fama nacional se apresentasse ao vivo no evento da VINACC com mil de seus CDs para vender, mesmo que ao preço de 35 reais, faltariam compradores? Provavelmente faltariam CDs! Quanto ao mercado gospel, quem é que liga se um cantor gospel que adulterou e abandonou a esposa e filhos para casar com a amante consegue facilmente faturar 10 mil reais num único show? O importante para o público é que o show deve continuar.
Para mim, o episódio da PA na VINACC foi profético. Como um povo que não se interessa pela perseguição de cristãos de outros países se importará com as ameaças ao Cristianismo no próprio Brasil? Leis anti-“homofobia”, que agridem violentamente a fé e a própria segurança dos cristãos, estão chegando ao Brasil — e ainda nem aprendemos primeiramente a sofrer com os cristãos que sofrem em países comunistas e muçulmanos.
Esse episódio me mostrou que os cristãos brasileiros não estão devidamente despertos, preparados e conscientizados para a perseguição que está vindo.
Mesmo sem nenhuma lei anti-“homofobia” aprovada, alguns cristãos brasileiros estão sob pressões tremendas. Mesmo sem nenhuma lei anti-“homofobia” aprovada, o Rev. Ademir Kreutzfeld, de Santa Catarina, foi vítima do ativismo legal gay, onde um tribunal foi usado para ameaçá-lo em 2007. Sem demora ele me procurou, e pude preparar artigos nacionais e internacionais que provocaram uma pressão positiva contra as forças gays hostis que estavam tentando engolir um dedicado pastor luterano que ousou confrontar a agenda gay em sua localidade.
Mesmo sem nenhuma lei anti-“homofobia” aprovada, estou sob pressões do Ministério Público Federal. É claro que, por enquanto, essas pressões não se igualam, nem de longe, às torturas e martírios que os cristãos sofrem na Coréia do Norte e outros países com governos totalitários.
Entretanto, se o povo evangélico brasileiro mal consegue mostrar atenção a esses casos mais pesados, como conseguirá se preocupar com a perseguição que está chegando ao Brasil?
Enquanto Roma estava em chamas, o imperador Nero tocava harpa e culpava os cristãos. Hoje, enquanto as chamas da paranóia anti-“homofobia” ameaçam devorar a sociedade e os cristãos numa absurda orgia de perseguição, os cristãos estão absortos em shows e outros entretenimentos gospel. É a síndrome do Nero gospel invadindo as igrejas e condenando os cristãos à indiferença diante do tsunami da agenda gay, do aborto, do feminismo, do intervencionismo estatal xiita, das leis anticristãs, etc.
Diante de tantas ameaças, os cristãos brasileiros estão reagindo como o resto do Brasil, que está dormindo em berço esplêndido. O que acontecerá se eles não despertarem de seu sono gospel?

24 comentários :

Alex Christi disse...

Sem querer cometer injustiças ou generalizações, como católico, gostaria de deixar aqui um breve testemunho de um acontecimento relativo ao assunto.
Outro dia mandei imprimir algumas poucas cópias (pois não tinha dinheiro para imprimir muitas) de um artigo do Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz sobre a ameaça do PLC 122/2006. Tentei distribuir na Cúria Diocesana, mas um funcionário disse que teria de pedir permissão a um padre que desempenha um serviço lá. Tentei distribuir a denúncia no escritório da paróquia também não quiseram deixar. Deixei as cópias do artigo na igreja, mas ninguém pegou. Então, voltei à Copiadora e pedi ao dono dela para deixar lá; o que ele permitiu. E as outras entreguei a um padre amigo.
O nome do artigo-denúncia é "Senado prestes a aprovar perseguição religiosa", de autoria do Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz, presidente do Pró-Vida de Anápolis.

Eliel Santos disse...

Possivelmente, Alex, este padre que rejeitou pegar os folhetos é influenciado pela Teologia da Libertação. Se o amigo acha que o comunismo é partidário, engana-se: os maiores comunistas que existem na terra hoje são religiosos da Teologia da Libertação. Exemplo: a CNBB, ao saber dos assassinatos de 4 seguranças de uma fazenda no nordeste, soltou uma nota em que condenava quem? Os CADÁVERES e não os terroristas do MST.


A CNBB é o mais influente partido comunista do Brasil. Apesar de não ter representantes diretos na política, eles dão suporte a todas as instituiçôes esquerdistas como CIMI, CIR, MST, VIA CAMPESINA, Movimento GLS, etc.


Então, colega, quando fores em uma congregação Católica, certifique-se que o sacerdote que lá ministra é partidário da Teologia da Libertação. Se for, mude de igreja.
Eu não falo isto para espezinhá-lo, mas como advertência.

rick lima disse...

Esta postagem de Júlio Severo é de uma verdade tremenda, quanto me espanta saber que Cristãos brasileiros estão afundados na parafernalha gospel, enquanto isso, os comunas vem moldando toda nossa juventude através de cultura sodomita e o com isso o que o futuro nos guarda?...e os evangélicos brasileiros estão trancados na igreja, estão se divertindo nos shows gospel e shows da "fé". Até mesmo na faculdade, os evangélicos que conheço, não dão muita importância a ameaça do movi.gay...estão na rede tomando uma água de côco esperando Cristo voltar...certo autor, que não me lembro o nome, tem razão ao dizer que: "a igreja evangélica brasileira é como uma piscina com 100 Kms de extensão e um palmo de profundidade"

Anônimo disse...

Prezado Júlio Severo.

Para que você continue lutando pelos seus ideais com mais segurança, efetividade e profissionalismo, a saída é você lançar-se candidato.

Em Brasília a sua projeção seria nacional, e quem sabe internacional, devido a abrangência do tema que aborda.

Com muita certeza não lhe faltariam eleitores e apoio político.

A hora é agora.

Antonio Ahmed Ramadan Jamal

Julio Severo disse...

Prezado Antonio, tenho grande respeito pela sua inteligência, porém como é que eu poderia ser útil na política? Meu chamado é alertar os cristãos. Se eu trabalhasse como político, eu duvido que eu teria tempo de fazer esses alertas.

TRINDADE disse...

Como sempre acompanho seu Blog Júlio Severo e ja de muito tempo vejo os Cristãos assim dormindo, ja de muito tempo eu falo para os jovens Cristãos sobre como nossa imprensa tenta formar nossa opinião para cumprir-mos os objetivos traçados por uma mentalidade esquerdistas e hoje vejo os frutos desses alertas, tudo esta acontecendo conforme o que ja previa. Outro exemplo que falo sempre é sobre o movimento homossexual que teima em usar a expressão "casamento de pessoas do mesmo sexo", teimaram tanto que hoje até em jornais e site evangélico essa expressão é usada mesmo violentando a lígua portuguesa, que define "casal" como macho e femea. Com relação ao que ocorreu com a Portas Abertas no evento da VINACC eu não me surpreendi pois vejo a maioria dos Cristãos atuais como pessoas que estão na Igreja porque hoje é chique ser evangélico, mas poucos, muito poucos nasceram de novo e esse percentual é grande basta ver que de oitenta mil só tres sentiram AMOR pela IGREJA QUE SOFRE, mas eu te encorajo irmão Júlio a não desistir porque Deus sabera usar esses tres com tanto poder que não fara falta os outros 79.997 distraidos pelos acordes gospel.

Trindade

joaquimtrindade33@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Júlio.

Se você recebeu o chamado para alertar os cristãos, perfeito; porque Deus confiou a você essa missão, pois Ele só capacita quem é capaz. Porém, o livre arbítrio de elaborar a estratégia cabe a ti mesmo.

Se você acredita que a internet no Brasil tem a mesma força que tem nos Estados Unidos você está enganado.

Em relação ao tamanho da população brasileira, a proporção dos que possuem computador ainda é muito pequena, e uma grande parcela de quem o possuiu não possui o acesso rápido à rede.

Certamente que, no caso de uma eleição sua para o parlamento nacional, haveria uma amplicação infinitamente maior do que um pequeno blog na internet.

Mas,se com apenas esse blog você já faz essa lenha toda, imagine a repercussão que seria se você tivesse acesso aos grandes veículos de mídia como parlamentar.

Pense nisso.

Antonio.

Julio Severo disse...

Prezado Antonio, espero, com muito otimismo, que a visão em meu blog seja repassada a muitos, que então se tornarão deputados federais, governadores e até presidente! Quanto a mim, com muita orações de intercessores dedicados, serei o que Deus planejou que eu seja.

Ricardo disse...

Pois é, nós cristãos estamos tomados de egoismo. Só pensamos em nós, oramos para Deus nos abençoar todos os dias, e para que? para enchermos nosso bolso de dinheiro, para adquirirmos bens terrestres, para com isso sermos tido por prosperos, abençoados. Cuidado irmaos, pois como "dizes: sou rico, e estou enriquecido e de nada tenho falta; e não sabe que és um desgraçado, e miseravel, e pobre, e cego, e nu" (apocalipse 3;17. Amados, não pela quantidade de bens terrestres que se avalia o relacionamento de um homem com Deus, como hoje pregam alguns. Também falta aos cristãos conciencia de corpo, ou seja, saber que somos todos membros de um só corpo, o de Cristo, e se um sofre, todos sofrem; e a culpa disso é dos pregadores, que não ensinam isso às ovelhas, ao ponto delas lutarem entre elas, dizendo minha igreja é melhor, minha igreja é isso, é aquilo, aquela igreja não presta, não é boa, ora irmãos, há só uma igreja, a IGREJA DE JESUS CRISTO. Devemos nor unir, como unidade que somos, e trabalharmos em prol dos que sofrem. Jesus não nos mandou erguer templos suntuosos, cheios de luxo, mas nos mandou levar as boas novas Dele até os confins da terra, alegrando-se com os que estão felizes, e chorando com os que choram, CRISTÃOS, ABRAM OLHOS (DO CORAÇÃO). Que Deus nos abençoe.

Anônimo disse...

Quer saber onde vai levar este movimento da música gospel? Basta ler Daniel 3, Deus avisou com antecedência...

Edmar Xavier disse...

Caro Julio,
Lendo suas respostas acerca do envolvimento político (e não vejo má fé na proposta de seus leitores), mais admiro sua postura. Parabéns! Infelizmente o mesmo não acontece com muitos pastores que se aventuram - por ingenuidade ou por ganância - na vida política. Se tivessem sua visão acerca de seus ministérios (e isto prova que muitos deles estão enganando suas ovelhas) não aceitariam fazer outra coisa a não ser cumprir a missão que Deus lhes confiou (se é que foi Deus quem lhes confiou liderar Suas ovelhas).
Quanto ao assunto discutido no seu texto, eu, como pastor, sofro bastante com relação às ovelhas jovens - e muitas adultas - que querem viver esta mentira, este falso clima de conquistas e vitórias, que os cegam e segam. É uma luta tremenda que temos quando, em função do que compartilhamos nesta discussão, vemos que ser popular é ser capaz de fazê-los jogar o "Jogo do Contente" do filme Poliana no qual um missionário, querendo poupar sua filhinha dos fatos tristes da vida, cria um jogo no qual ele mente para a menina não sofrer traumas. A Igreja chamada evangélica tem sido assim, infelizmente.

Anônimo disse...

Graça e paz em Nome de Jesus.
Fiquei sabendo dessa triste notícia através do blog de um irmão em Cristo - Fabio Blanco - que congrega na mesma igreja que eu. Sou correspondente local do Portas Abertas e para acrescimo de conhecimento, saiba que apenas 0,03% dos cristãos evangélicos brasileiros conhecem a igreja perseguida e oram por ela(quando pergunta-se aos perseguidos o que eles querem de nós, a resposta é: Orem por nós!)
No final do ano passado fui "desafiado" pelo Portas Abertas a conseguir 20 assinaturas da revista em 1 mes. 12 dos assinantes não conheciam a Cristo de verdade, mas se sensibilizaram mais que irmãos evangélicos, que foram minoria nesse desafio.
Acho que quem precisa de oração somos nós.
A perseguição está mais perto do que muitos pensam.
Deus abençõe.
Fernando Bomfim

Anônimo disse...

Seja confiante em Deus.

Anônimo disse...

O cristão deve rezar por si mesmo e pelos outros.

Vejam estes parágrafos do CIC (Catecismo da Igreja Católica):

2742. «Orai sem cessar» (1 Ts 5, 17), «dai sempre graças por tudo a Deus Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo» (Ef 5, 20), «servindo-vos de toda a espécie de orações e preces, orai em todo o tempo no Espírito Santo; e, para isso, vigiai com toda a perseverança e com preces por todos os santos» (Ef 6, 18). «Não nos foi mandado que trabalhemos, velemos e jejuemos constantemente, mas temos a lei de orar sem cessar» (30 – Evágrio do Ponto, Capita practica ad Anatolium, 49: SC 171, 610 (PG 40, 1245). Este fervor incansável só pode vir do amor. Contra a nossa lentidão e preguiça, o combate da oração é o do amor humilde, confiante e perseverante. [...]

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p4s1cap3_2697-2758_po.html

MOISÉS E A ORAÇÃO DO MEDIADOR

2574. Quando começa a realizar-se a promessa (a Páscoa, o Êxodo, o dom da Lei e a conclusão da Aliança), a oração de Moisés é a tocante figura da oração de intercessão, que terá a sua realização no «Mediador único entre Deus e os homens, Cristo Jesus» (1 Tm 2, 5).

2577. Nesta intimidade com o Deus fiel, lento em irar-Se e cheio de amor (20), Moisés hauriu a força e a tenacidade da sua intercessão. Ele não ora por si, mas pelo povo que Deus adquiriu para Si. Já durante o combate com os amalecitas (21) ou para obter a cura de Miriam (22), Moisés foi intercessor. Mas foi sobretudo após a apostasia do povo que ele «se mantém na brecha» diante de Deus (Sl 106, 23), para salvar o mesmo povo (23). Os argumentos da sua oração (a intercessão também é um combate misterioso) irão inspirar a audácia dos grandes orantes, tanto do povo judaico como da Igreja: Deus é amor e, portanto, é justo e fiel; Ele não pode contradizer-Se; há-de, por conseguinte, lembrar-Se das suas acções maravilhosas; está em jogo a sua glória; Ele não pode abandonar o povo que tem o seu nome.
20. Cf. Ex 34, 6.
21. Cf. Ex 17, 8-13.
22. Cf. Nm 12, 13-14.
23. Cf. Ex 32, 1 - 34, 9.

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p4s1cap1_2566-2649_po.html

Alex Christi

Manoel Valentim disse...

JULIO, GRAÇA E PAZ.
Não precisa dizer, mas mesmo assim é bom afirmar que seus textos são uma voz profética.

TRÊS ANOS ATRÁS FIZ DIVERSOS CONTATOS COM MINISTÉRIO PA, COLOCANDO MEU LIVRO "A BÊNÇÃO DE ABRAÃO" A DISPOSIÇÃO DO MINISTÉRIO.
A RESPOSTA DO PA FOI QUE MEU LIVRO NADA TINHA HAVER COM O PORTAS ABERTAS, APESAR DO LIVRO FALAR DE ABRAÃO ( O 1º HEBREU - AQUELE QUE CRUZOU O RIO EUFRATES)E ENFRETOU DIVERSAS ADVERSIDADES E VENCEU!
POIS BEM, ALGUNS DIAS DEPOIS, VI UM ARTISTA GOSPEL PROMOVENDO O PA. GLÓRIAS A DEUS POR ISTO.
HOJE, CONTRIBUO DIRETAMENTE, SUSTENTANDO UM CASAL DE MISSIONÁRIOS NA AFRICA, POIS CREIO QUE TEMOS QUE SEMPRE AJUDAR.
FIQUE NA PAZ!
PR MANOEL VALENTIM

Anônimo disse...

Júlio

Penso que a proposta do Sr Antônio tem sentido. Uma das funções de um político é trazer questões ao debate, e pode, geralmente, fazer isto com muito mais eficácia do que um blogueiro. Esta uma uma situação totalmente diferente da de ministro do evangélho, que teria de interromper seu ministério para exercer a política.

Mas é claro que você conhece suas reais condições de enfrentar a batalha política, e toda o ódio e difamação que a imprensa promoveria contra voccê. Busque no Eterno a resposta. Peça a ele que lhe dê clareza de mente, para que você perceba quais as melhores estratégias e táticas na sua batalha. Que o Eterno o abençoe.

Sua luta tem sido importantíssima, como a do Pe Lodi. Recomendo que você busque diversificar seu modo de comunicação, principalmente no estilo. Às vezes, deixa-se o adversário sem resposta, variando o registro (o tom), usando o estilo literário mais adequado, conduzindo o debate, em vez de deixar-se conduzir. Yeshua, a Palavra encarnada do Eterno, é o mestre na arte do debate, aprenda com Ele.

Um exemplo bem atual de alguém que sabe conduzir um debate é o Reinaldo de Azevedo. Não é só conhecimento, nisso o Olavo de Carvalho e outros são melhores que ele. Mas Reinaldo sabe usar os recursos da inculta e bela, para massacrar as mentiras de seus adversários. Não é a toa que tem tantos leitores.

Renato Ulisses de Souza

Ismael Pio Elias disse...

O mercado gospel é um mina de ouro. As pessoas substituíram o Deus de Justiça e Amor, que pressupõe uma grande sabedoria, por um deus que gosta de festas e não se importa com a alma dos seres humanos.
Na era dos shows gospel convivem lado-a-lado um cristianismo morno e a perversão mundana.
Multiplicam-se as igrejas, mas esvaziam-se os corações e a alma humana da presença de Deus.
Shows gospel não atraem ninguém para Cristo, pelo contrário, o afastam da verdadeira vontade de Jesus Cristo: de que a humanidade o siga em tudo o que ele disser.

Este cristianismo dos shows gospel é mero produto de mercado, que dá muito lucro à seus idealizadores, mas nenhuma alma à Deus, sendos péssimos em "pescar almas para Deus".

Anônimo disse...

Quer dizer então que o movimento Gospel é uma moda!

Bom, como toda moda uma hora acaba!

E quando acabar o que virá?

Anônimo disse...

Amado irmão Júlio, A Paz de Jesus! Ratificando a gravidade do momento (Entretenimentos gospel estão engolindo a atenção do público evangélico ao sofrimento dos cristãos em países comunistas e muçulmanos?), permita-me responder a questão: “SIM, o fenômeno gospel corroe todo o Brasil!" Nesta semana, após 6 meses de mandato “tampão” de líder da mocidade da minha igreja em SC, solicitei minha exoneração do cargo, por não suportar mais a pressão de ver nossa união de mocidade esfacelada, levada à dispersão pelo dito secularismo cristão e por esta infame apostasia de nossos dias, os FESTIVAIS GOSPEL! Segue texto da EXONERAÇÃO, que foi um DESABAFO!:
" SC,... DE MARÇO DE 2009.
SOLICITAÇÃO DE EXONERAÇÃO
"... e que governe bem a sua própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo respeito, pois se alguém não sabe governar a própria casa, como cuidará da Igreja de Deus? " I TIMÓTEO 3:4-5
“ Se alguém não cuida dos seus e especialmente dos de sua família, tem negado a fé e é pior que um incrédulo. ” I TIMÓTEO 5:8
“ Mas seja o vosso falar: Sim, sim; Não, não; pois tudo o que passa disto, vem do maligno. ” MATEUS 5:37
Ao Ilmo Pastor CICRANO DE TAL, Presidente da Igreja ....
Com o devido acato à autoridade que lhe foi delegada pelo NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO, apresento-vos, com pesar (em virtude da confiança em mim depositada), os motivos pelos quais decidi solicitar, em caráter irrevogável, minha exoneração da função de Líder da Juventude desta Igreja. Acredito no compartilhamento da responsabilidade entre a liderança e os jovens cristãos membros desta Igreja, os quais podem e deveriam cooperar de forma espontânea, regular, fiel e ativa para o desenvolvimento deste Ministério, apresentando os seguintes atributos:
I - Zêlo pelo testemunho do Evangelho, bem como pela reputação desta Igreja e seus ministros, haja vista a placa à frente do prédio anunciar reunião de jovens aos sábados, estando a mesma esvaziada e contando (em mais de uma ocasião) com a presença apenas do Líder e uma ou duas pessoas, expondo-nos ao julgamento público de “propaganda enganosa”, e, consequentemente, estigmatizando-nos de “igreja problemática”;
II - Frequencia assídua e pontual a cada reunião da Juventude (quinzenal), sendo a data e hora da mesma, plenamente anunciada do púlpito, nos cultos de domingos e 4ª feiras, comunicados via internet etc, havendo uma ínfima probabilidade de desconhecimento de sua existência, por parte da Juventude (“Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.” HEBREUS 10:25);
III - Apoiar e/ou participar do planejamento de todos os empreendimentos relativos à Juventude, conforme foi sugerido em uma pesquisa de opinião que antecedeu a posse desta liderança, tendo naquela data, a participação da maioria da Juventude;
IV – Procurar, cada um dos jovens integrantes, de maneira sábia e prudente, através de seu testemunho pessoal, conduzir outros jovens não conversos a uma experiência de conversão a Cristo e respectiva integração à Igreja na qual é membro, preferencialmente;
V - Comunicar a algum dos oficiais da Igreja, seja ele o Pastor Presidente, diácono ou mesmo seu Líder da Juventude, sua ausência, caso se prolongue por mais de 30 (trinta) dias, informando o motivo do afastamento (saúde, trabalho, estudos, viagens, férias escolares etc.); e
VI – Acatamento, com humildade, às orientações, conselhos, admoestações, exortações ou outras medidas disciplinares aplicadas em Assembléia ou pelo Ministério desta Igreja, jamais tomando atitudes que venham a gerar conflitos ou facções no âmbito da Igreja.
Assim, observado um discernimento espiritual (refugiado nos três versículos iniciais); e, certo do conhecimento geral das responsabilidades que recaem sobre o pai de família (ver o artigo “Sacerdote do Próprio Lar”- http://www.lideranca.org/cgi-bin), considero como máxima prioridade, neste momento, de forma inequívoca e consciente, os cuidados para com minha jovem família, constituída por minha esposa Beltrana de tal... (recém-batizada e ainda necessitando aprofundar-se no conhecimento da Palavra) e meu único filho Fulaninho Jr... (da idade de cinco anos, sendo desnecessária qualquer explicação sobre prioridade), cumulativamente com o Ministério do Louvor.
Sem mais no momento, com a maior consideração pelo Ministério de nossa amada Igreja e seu Presidente, subscrevo-me, cordialmente! FULANO DE TAL "
***QUEM É INJUSTO, FAÇA INJUSTIÇA AINDA; E QUEM ESTÁ SUJO, SUJE-SE AINDA; E QUEM É JUSTO, FAÇA JUSTIÇA AINDA; E QUEM É SANTO, SEJA SANTIFICADO AINDA. Ap.22:11***
(LOCAIS, NOMES ETC, EDITADOS POR ÉTICA)

Anônimo disse...

Julio,

Pode-se observar que, as músicas gospel tem por traz vários objetivos que não é o de louvar a Deus. Existe um certo exibicionismo; um mantra gospel que vem a ser, pela falta de conhecimento bíblico, a repetição de várias e várias vezes um mesmo refrão. 99% dos "evangélicos que conheço, "adoram as novelas da Globo", então o que se pode esperar, que eles vão gastar tempo lendo a Bíblia ou orando pelos outros? É a cultura da "pornochanchada noveleira" e do BBB. O diabo se esbalda de alegria por aquilo que ele mais gosta, que é as várias facetas do entretenimento, seja pelas novelas, pelo futebol, pelos "shows gospel" que tem feito de seus músicos mais espirituais do que um pastor que exorta e fala na cara que o problema do mal está no coração humano e não no "inimigo a ser derrotado" - é a era do orgulho espiritual.

Luccas Florencio disse...

PARABENS PELO SITE TEMOS QUE MUDAR ESSA SITUAÇÃO !

Pr. Ivan Nunes disse...

Amado,
Obrigado por ser mais um que se importa.

Pr. Leo Rodriguez disse...

Amado Julio louvo a Deus por suas palavras pela igreja perseguida, Sou correspondente de PA na Bahia e estou envergonhado por fazer tão pouco pelo evangelho. Me sinto estimulado a fazer muito mais agora. Obrigado por me alertar.

Wallas Saraiva disse...

Graça e Paz do Senhor Jesus. Já realizei um DIP na igreja onde congrego. Sou assinante da revista Portas Abertas e de fato, precisamos como cristãos militar pelos direitos de expressão de nossa fé, que é um direito garantido na Constituição. Somos um país laico e não podemos tolerar essa tentativa de implantarem uma ditadura gay em nosso país.