20 de fevereiro de 2009

No ano do 200º aniversário de Darwin, cristãos refutam teoria evolucionista

No ano do 200º aniversário de Darwin, cristãos refutam teoria evolucionista

INTERNACIONAL — Enquanto milhares de pessoas celebram o 200º aniversário de nascimento de Charles Darwin, um ministério criacionista oferecerá conferências para refutar a teoria da evolução, criada pelo famoso cientista.

O ministério Answers in Genesis (respostas no Gênesis) oferecerá duas conferências gratuitas para ajudar os cristãos a defenderem sua fé contra a teoria que o ministério vê como contrária às Escrituras.

As conferências, nomeadas de “Respostas para Darwin”, ocorrerá em duas igrejas – uma ao leste e outra ao oeste – para fornecer treinamentos e ensino para cristãos, envolvendo as teorias evolucionista e criacionista.

“Tantos cristãos têm sido convencidos pela elite acadêmica de que a teoria de Darwin é válida, e tentam encontrar meios de provar, e relacionar a teoria da evolução com a da criação”, diz Ken Ham, presidente do ministério e palestrante nas duas conferências.

“Queremos ajudá-los a compreender que a teoria de Darwin é errada, menospreza a fé cristã e dá lugar para males sociais e racismos e abortos”, diz.

Outros palestrantes incluem Dr. Andrew Snelling, um cientista Ph.D em geologia, e Dr. David Menton, Ph.D em biologia.

Os temas da conferência são, entre outros, “Respostas do Gênesis para Darwin e as guerras culturais”, “Respostas para o racismo”, “Respostas científicas e bíblicas para a real idade da Terra” e “Respostas para os registros fósseis – Criação vs. Evolução”.

Ham acredita na interpretação literal da história dos seis dias da criação no Gênesis. O Creation Museum, fundado por ele, tem exibições que alegam que o mundo tem apenas 6.000 anos, os dinossauros apareceram no mesmo dia em que Deus criou a terra e outros animais, e que elementos geológicos como o Grand Canyon e os fósseis foram criados durante o dilúvio na época de Noé.

“Muitos cristãos se surpreendem quando sabem que a própria ciência confirma os textos bíblicos sobre a criação e o dilúvio. Nossa missão é propagar a mensagem para validar toda a Bíblia, alcançando os não convertidos através do evangelho.”

Tradução: Deborah Stafussi

Fonte: Missão Portas Abertas

Divulgação: www.juliosevero.com

6 comentários :

Anônimo disse...

Como é que é?

Segundo esse Ken Ham, e o seu Creation Museum, o mundo só tem 6.000 anos!!!!!!!??


Talvez ele poderia mostrar, pela bíblia, onde que o Deus disse isso!

Conspiracao disse...

é triste ver como neste mundo pagao em que vivemos, nao se pode falar nada contra homossexuais, nao se pode condenar a sodomia, mas quando o assunto é criacionismo, qualquer um que se levante para defende-lo é enxotado como cachorro.

Tomei como questao de fé defender o criacionismo em post e blog cientificos pela net, e invariavelmente sou taxado de ignorante, burro, fanatico, superticioso.....

Que venha logo o anticristo e se cumpram as escrituras.....

Jorge Fernandes disse...

Júlio,
É estarrecedor como os cristãos são enganados pela "falsa" ciência evolucionista. Qualquer um sabe que os pressupostos darwinistas são basicamente filosóficos e ideológicos, quase nada sobrando do que se pode chamar de ciência, tornando-o em uma crença como outra qualquer, a despeito do esforço hercúleo em "fazê-lo" factível e empírico, e assim, avalizarem sua "fé".
Quanto ao mundo, não há surpresa, mas é triste ver a igreja iludida pelas sutilezas e manobras dos evolucionistas. Portanto, indico alguns sites e livros (publicados por cientistas) que auxiliarão o crente a pensar além dos padrões da filosofia darwinista:
1)www.universocriacionista.com.br;
2)www.scb.org.br;
3)www.impacto.org.br;
4)A Caixa Preta de Darwin - Dr. Michael Behe - Jorge Zahar Editor;
5)Como Tudo Começou - Dr. Adauto Lourenço - Editora Fiel;
6)Darwin no banco dos réus - Phillip E. Johnson - Editora Cultura Cristã

Anônimo disse...

Mas idade da terra é bem maior do que 6.000 anos.

De onde ele tirou isto ?

Anônimo disse...

Não é necessário buscar o Gênesis para refutar a tese evolucionista de que o universo é fruto do acaso, basta usar lógica.

Vejamos:

Peguemos 10 pedaços de papel e os coloquemos dentro de um saco. Em seguida, vamos tentar tirá-los em ordem crescente de 1 a 10. Após cada tentativa vamos retornar com os pedaços ao saco para repetirmos a operação. Sendo assim:

- A probabilidade de se retirar o número 1 é de 1 para 10;

- A probabilidade de se retirar os números 1 e 2 é de 1 para 100;

- A probabilidade de se retirar os números 1, 2 e 3 é de 1 para 1000;

- a probabilidade de se retirar os números 1, 2, 3 e 4 é de 1 para 10.000. E assim sucessivamente, até alcançarmos toda a ordem crescente de 1 a 10, que, neste caso, é de 1 para 10.000.000. E se tentássemos repetir a operação, os números aumentariam de forma infinitesimal.

Conclusão: O que ocorre na casualidade é muito difícil de repetir e impossível de continuar se repetindo.

Portanto, nenhum ser humano sensato pode conceber que sua vida não tenha sentido. Por isso, cada ser humano tenta dar a ela o máximo de sentido possível e se propõe a seguir um determinado modelo de comportamento. Indivíduos, grupos e nações planejam na verdade o curso de suas ações, e cada plano traçado com cuidado leva aos efeitos esperados. No entanto, o homem só representa uma pequena porção do grande universo. E se ele pode fazer planos e apreciar os méritos do planejamento, então a sua própria existência e sobrevivência no universo têm que se basear também numa política planejada. Isto quer dizer que existe uma vontade que comanda a nossa existência material, e que há uma mente única no mundo para criar as coisas e mantê-las num movimento ordenado. As maravilhas do nosso mundo e os segredos da vida são grandes demais para serem o fruto de um mero acidente ou de um simples acaso. No mundo, portanto, deve existir uma grande força em ação para manter tudo em ordem, e os verdadeiros crentes e as pessoas profundamente esclarecidas reconhecem em Deus esta grande força.

fontes: O Islam, sua Crença e a sua Prática. Sami Armed Isbelle;

O Islam em foco: dr. Hammudah Abdalat.

Antonio Ahmed.

boreiajr disse...

Julio, dá uma lida:
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI29415-15230,00-AS+CELULASTRONCO+VIRARAM+TUMOR+E+AGORA.html