4 de dezembro de 2008

Vaticano é atacado por se opor a resolução pró-homossexualismo na ONU

Vaticano é atacado por se opor a resolução pró-homossexualismo na ONU

Segundo o noticiário da Reuters de 2 de dezembro de 2008, grupos homossexuais e um editorial de um jornal condenaram nesta terça-feira o Vaticano por sua decisão de se opor à proposta de resolução da ONU que convida todos os governos mundiais a descriminalizar a homossexualidade.

A condenação ocorreu depois que o representante do Vaticano na Organização das Nações Unidas disse que a Santa Sé iria se opor à resolução, que a França deve propor no final deste mês representando os 27 membros da União Européia.

O arcebispo Celestino Migliore disse que o Vaticano se opõe à resolução porque isso iria “acrescentar novas categorias de protegidos por discriminação”, podendo reverter a discriminação contra os casais heterossexuais tradicionais. Migliore disse:

— Se adotada, eles vão criar novas e implacáveis discriminações. Por exemplo, países que não reconhecem a união de pessoas do mesmo sexo como matrimônio serão ridicularizados e pressionados.

Divulgação: www.juliosevero.com

4 comentários :

Anônimo disse...

O vaticano sabe exatamente quem são os gays, e certamente sabe não ser enganado pelo discurso da vitimização. Certamente qualquer pessoa lucida sabe como se dá a utilização deste discurso pelos sodonazistas.

Anônimo disse...

Gostaria de saber qual é a opinião dos representantes das outras nações. Principalmente das potências econômicas.

Anônimo disse...

Vejam o artigo da Rádio Vaticana intitulado "Igreja rechaça crítica sobre suas posições acerca do homossexualismo" no site da referida rádio.

Anônimo disse...

O artigo da Rádio Vaticana "Igreja rechaça críticas sobre suas posições acerca do homossexualismo" pode ser encontrado também no site www.cleofas.com.br no seguinte endereço: http://www.cleofas.com.br/virtual/texto.php?doc=NOVIDADE1&id=ni10401