10 de maio de 2007

Congresso Mundial de Famílias se reúne na Polônia

Congresso Mundial de Famílias se reúne na Polônia

Samantha Singson

NOVA IORQUE, EUA — C-FAM. O maior encontro já realizado de líderes pró-vida e pró-família ocorre em Varsóvia nesta semana em meio a protestos de ativistas homossexuais e membros esquerdistas do Parlamento Europeu (MPEs). O 4º Congresso Mundial de Famílias (CMF) é o maior encontro internacional de líderes, ativistas, acadêmicos e parlamentares pró-família. Espera-se que mais de 3 mil representantes de mais de 60 países venham ao Congresso na Polônia.

Na tarde de quinta, o presidente do C-FAM, Austin Ruse, apresentou uma petição de apoio ao Ministro polonês de Assuntos Sociais. Assinada por mais de 8 mil pessoas, a petição foi lançada para condenar uma recente resolução do Parlamento Europeu contra a Polônia e exorta o Parlamento Europeu a parar a promoção de sua “radical agenda social”.

No mês passado, a Polônia sofreu ataques do Parlamento Europeu por propor legislação que tornaria crime a promoção do homossexualismo nas escolas. Numa resolução do Parlamento Europeu, a Polônia foi censurada por “homofobia” e ameaçada de sofrer ações legais por alegadamente violar a lei européia de direitos humanos.

Ellen Sauerbrey, Ministra Assistente de Estado para Assuntos de População, Migração e Refugiados no governo Bush, dará uma palestra no CMF, apesar das tentativas de um grupo esquerdista de MPEs de frustrar a apresentação dela. Numa carta para Sauerbrey, os MPEs classificaram-se como o “Grupo de Trabalho Parlamentar Europeu para Garantir a Separação da Religião e Política” e exigiram que Sauerbrey se retirasse do Congresso. Ela não se retirou.

Fundado há dez anos “em resposta ao espírito militantemente antifamília prevalecente no Ocidente ‘pós-moderno’, o CMF tem como objetivo fomentar uma rede internacional de organizações, acadêmicos e líderes pró-família que busca restaurar a família natural como a unidade social fundamental e a ‘sementeira’ de uma sociedade equilibrada”.

De acordo com o site oficial do CMF, a Polônia foi especificamente escolhida como o local do Congresso porque “quase sozinha, a Polônia vem mantendo fé forte e famílias fortes, muito embora a Polônia esteja resistindo às pressões para mudar. A Polônia salvou a Europa antes. Provavelmente, salvará a Europa de novo. Nas questões de população e família, a Europa é o campo de batalha nos anos iniciais do século 21, e a Polônia é o fator importante. Faz sentido imenso que o 4º Congresso Mundial de Famílias se reúna com o bravo povo da Polônia”.

O CMF ocorre entre 11 e 13 de maio de 2007. O presidente da Polônia, Lech Kacyznski, dará o discurso de abertura no Congresso. Outros palestrantes famosos incluem: Cardeal Alfonso Lopez Trujillo, do Pontifício Conselho para a Família; o Pe. Thomas Eutenauer, presidente de Human Life International e Carl Anderson, Supremo Cavaleiro dos Cavaleiros de Colombo.

O Professor Brad Wilcox, da Universidade da Virginia, disse: “Essa é a hora perfeita para esse Congresso na Europa. Esse encontro poderá destacar a crise demográfica em tais países como Alemanha e Itália — aliás, na Europa inteira. Esse Congresso começará a despertar as pessoas para a necessidade de políticas pró-família mais enérgicas para deter a crise antes que seja tarde demais”.

Traduzido e adaptado por Julio Severo: www.juliosevero.com; www.juliosevero.com.br

Fonte: Friday Fax / World Congress of Families Convenes in Poland 10 de maio de 2007 Volume 10, Number 21.

Conheça o maior documento pró-família do Congresso Mundial de Famílias: A Família Natural: Um Manifesto, traduzido por Julio Severo.

Nenhum comentário: