10 de março de 2007

Dia Municipal a favor da Sodomia em Curitiba

Dia Municipal a favor da Sodomia em Curitiba

De toda a Câmara Municipal de Curitiba, apenas um único evangélico se manifestou contra a ameaça do Dia Municipal Contra a Homofobia. Onde estão os outros evangélicos de Curitiba? Se os cristãos cruzarem os braços, os militantes gays avançarão — estabelecendo leis que ameaçarão os próprios cristãos. A notícia abaixo é de um site gay.

Dia Municipal contra a Homofobia é aprovado em Curitiba

Enquanto em São Paulo, o prefeito Gilberto Kassab vetou o projeto de lei 4440/01, que criminaliza a discriminação contra gays, em Curitiba na última terça-feira, dia 6/3, a Câmara de Vereadores aprovou o Dia Municipal Contra a Homofobia — projeto da vereadora do PSB, Julieta Reis. O projeto que precisa, agora, ser sancionado pelo então prefeito Beto Richa, propõe a data de 17 de maio para a comemoração.

A vereadora Julieta Reis, que teve auxílio do grupo gay Dignidade, argumentou que a fundamentação do projeto está na convivência e no respeito com as diferenças e é contra a qualquer tipo de violência baseada na discriminação.

Julieta Reis ainda acredita que a partir desse projeto novas ações que discutam sobre o direito à livre orientação sexual e cidadania de gays, lésbicas e transexuais venham a acontecer na cidade. De toda a Câmara Municipal, apenas o vereador evangélico José Roberto Sandoval, do PSC, foi contra.

Fonte: http://gchannel.com.br/noticias/ler.asp?Ref=2&canal=Pride&NT=1093

Um comentário :

Pátria Grande disse...

Cabe ressaltar que após sua aprovação, o Prefeito Beto Richa vetou o projeto que visava istituir o dia Municipal Contra a Homofobia.