4 de abril de 2006

Novo governo conservador do Canadá parou de ajudar governo palestino

Quando um governo conservador é eleito, boas coisas começam a acontecer. Parabéns aos canadenses por seu novo governo! Julio Severo

Novo governo conservador do Canadá parou de ajudar governo palestino

Chad Groening

(AgapePress) — Um ativista pró-família do Canadá está elogiando seu governo por cortar oficialmente toda assistência financeira à Autoridade Palestina.

O novo governo conservador de Stephen Harper, do Canadá, fez a decisão no mesmo dia em que o grupo terrorista Hamas assumiu controle da Autoridade Palestina. O Canadá diz estar suspendendo sua assistência financeira porque o Hamas se recusa a renunciar à violência, e não reconhece o direito do Estado de Israel existir.

Brian Rushfeldt, da Coalizão de Ação Familiar do Canadá, afirma que seu governo fez a decisão certa. “Estou muito contente de saber que não estamos simplesmente mandando dinheiro algum para que o Hamas ou o chamado governo palestino continue a sustentar os terroristas nas ações que os elevaram”, declara.

“Quando li a terminologia do primeiro ministro Stephen Harper, chegando a afirmar que [os palestinos] não vão suavizar sua ideologia violenta, que em si já é razão para não se ter nada a ver com essa gente — porque é exatamente esse tipo de coisa que não podemos nos dar ao luxo de sustentar no mundo”.

Além de cortar a ajuda financeira, diz Rushfeldt, o Canadá não vai ter nenhum tipo de diálogo com a Autoridade Palestina. “O Canadá não vai ter relacionamento algum, não vai ter nada a ver com esse grupo que afirma que agora eles são o governo palestino”, observa.

O Canadá é o primeiro país além de Israel a cortar a assistência à Autoridade Palestina desde que o Hamas ganhou as eleições legislativas em janeiro de 2006.

Tradução e adaptação de Julio Severo: www.juliosevero.com; www.juliosevero.com.br

Fonte: http://headlines.agapepress.org/archive/4/42006g.asp

Nenhum comentário: