15 de dezembro de 2005

Herdeiros de Abraão: Quem é herdeiro da terra de Israel?

Herdeiros de Abraão: Quem é herdeiro da terra de Israel?

Julio Severo

Deus fez promessas a Abraão que, através de Jesus Cristo, se cumprem nos gentios também. Essas promessas se aplicam à salvação. No plano de salvação de Deus para a humanidade, tanto gentios como judeus são iguais. Podemos também espiritualizar a Terra Prometida como o céu, e todos, judeus e gentios redimidos, vão estar lá. Mas temos também de considerar que Deus não muda e ele fez promessas eternas aos descendentes físicos de Abraão acerca da Terra Prometida. São promessas materiais. Se tentarmos espiritualizar essas promessas, afirmando que tanto judeus quanto gentios são igualmente herdeiros de todas as promessas espírituais e materiais de Deus a Abraão, então toda a terra de Israel prometida por Deus seria propriedade exclusiva de todos os gentios e judeus redimidos. E todos teriam a obrigação, conforme estabelecem os mandamentos de Deus, de tomar posse e viver naquela terra. Nós nos veríamos assim diante de um grande problema: como é que todos os gentios redimidos do mundo caberão no pequeno território de Israel? Nessa perspectiva, nós os gentios teríamos de lutar para remover de Israel todos os palestinos, que são meramente usurpadores de segunda categoria, e também todos os judeus não redimidos. Será que realmente ser herdeiro de Abraão significa que todo cristão gentio também tem, juntamente com os judeus redimidos, direitos exclusivos de posse da terra de Israel?

Na minha opinião, a salvação é igual para todos, indistintamente. Contudo, nem toda aliança que Deus fez tem esse caráter universal. Do contrário, nós cristãos não temos outra opção senão ajuntarmos cada um suas economias para nos mudarmos para o pequeno território de Israel. Seria uma idéia assustadora, pois aí os terríveis árabes muçulmanos voltariam seus ataques contra nós! Sofreríamos então tudo o que os israelenses estão sofrendo!

Copyright Julio Severo 2005. Fonte: www.juliosevero.com.br

Um comentário:

JPBrasileiro disse...

Olá Júlio, shalom. Cara, vc é relevante quanto à sua defesa aos princípios cristãos da família, mas esta tua explicação sobre o porquê de os judeus serem os detentores da 'eretz israel' é simplesmente desnecessária. Primeiro, porque nenhum cristão hoje reivindica aquela terra para si, como uma possível promessa bíblia. Segundo, porque a promessa de que Deus a daria aos judeus já se cumpriu - tá escrito lá no sexto livro da Bíblia. Depois que Josué a conquistou, não vemos mais Deus prometendo que daria a posse p eles, pois a eles ja pertencia. Deus promete trazê-los de volta quando são levados para cativeiro da babilônia, e isso também já se cumpriu - e eu não estou falando do episódio de 1948, mas do relatado nos livros Esdras-Neemias. Um abraço.