9 de maio de 2005

Pastor sueco em perigo de ser preso

Supremo Tribunal da Suécia Reverá Decisão que Inocentou Pastor Condenado por “Crime de Preconceito” por Pregar contra o Homossexualismo

ESTOCOLMO, Suécia, 9 de maio de 2005 (LifeSiteNews.com) — O supremo tribunal da Suécia declarou que reverá decisão que recentemente inocentou um pastor condenado no ano passado pelo crime de “preconceito” — porque ele pregou contra o homossexualismo dentro de sua própria igreja em 2003.


Ake Green, pastor de uma igreja pentecostal em Kalmar, Suécia, havia sido processado em janeiro de 2004 por “discurso de ódio contra os homossexuais”, porque em sua pregação ele citou referências da Bíblia contra o homossexualismo. Em julho de 2004, ele foi sentenciado a 30 dias de prisão por um tribunal que decidiu que ele havia incitado ódio contra os homossexuais. Mas em fevereiro de 2005, uma corte de apelação derrubou a condenação, declarando que não é contra a lei pregar as próprias convicções a partir do púlpito.


Contudo, houve outra virada: o principal promotor público da Suécia discordou da decisão da corte de apelação, afirmando que a pregação de fato equivaleu a discurso de ódio, e ordenou que o caso passe por uma total revisão.


Traduzido e adaptado por Julio Severo:
www.juliosevero.com.br

Fonte: LifeSiteNews.com — segunda, 9 de maio de 2005.

Todos os que puderem são encorajados a se manifestar para a representação diplomática da Suécia no Brasil, protestando, de modo educado, contra a perseguição religiosa ao pastor Ake Green, que apenas citou o que a própria Bíblia menciona sobre o homossexualismo. Não podemos nos calar nem cruzar os braços enquanto a injustiça tenta agredir um de nossos irmãos em Cristo por sua fidelidade à Palavra de Deus.


Embaixada da Suécia - Brasília - DFSES

Av. das Nações, Quadra 807, lote 29

CEP 70419-900 - Brasília - DF

Caixa Postal 070419

70419-900 Brasília DF

tel. (0xx61) 443-1444 fax (0xx61) 443-1187

e- mail:
swebra@opengate.com.br

e-mail:
ambassaden.brasilia@foreign.ministry.se

site:
Câmara do Comércio Brasil-Suécia

Expediente(s): segunda a quinta-feira - 08:00 - 13:00 hs / 14:00 – 17:00 hssexta-feira: 08:00 – 13:00 hs

Deputado Federal Milton Cardias envia mensagem à embaixada sueca em solidariedade ao Pr. Ake Green:

11 de maio de 2005

Nobre Embaixador:

Venho manifestar minha indignação com o caso noticiado na Suécia em que o Pastor Ake Green está sendo processado por ter feito uso da Bíblia na sua missão de anunciar a Verdade e a Salvação que há na pessoa bendita de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Espero que esta representação tome as devidas providências no sentido de evitar que injustiças como esta sejam praticadas num país que mantem uma excelente relação com países cristãos, como o Brasil, cujo número de evangélicos está num crescente assustador para as autoridades católicas, mas que é fato incontestável.

Certo de que iniciativas contra o anunciado serão tomadas, apresento votos de estima e consideração. Que Deus vos abençoe.

Pastor Milton Cardias
Deputado Federal PTB/RS

Postar um comentário