22 de julho de 2002

Gays podem mudar

REVISTA DA ASSOCIAÇÃO AMERICANA DE PSICOLOGIA PUBLICOU PESQUISA MOSTRANDO QUE OS HOMOSSEXUAIS PODEM MUDAR

A edição de junho de 2002 da prestigiosa revista Professional Psychology: Research and Practice (Psicologia Profissional: Pesquisa e Prática), publicada pela Associação Americana de Psicologia, publicou um abrangente documento de pesquisa sobre a questão da mudança de orientação sexual. Os clientes têm o direito de ir atrás de uma mudança, diz o autor, pois “a orientação sexual, que antes se julgava uma característica imutável, é realmente bem flexível para algumas pessoas”. O artigo escrito pelo Dr. Warren Throckmorton é intitulado “Descobertas Empíricas e Clinicas Iniciais com relação ao Processo de Mudança para Ex-Gays”.

“Estou contente com o fato de que essa pesquisa chegará até os psicólogos e profissionais de saúde mental que podem não estar cientes das questões dos ex-gays”, diz Throckmorton, diretor da área de aconselhamento da Faculdade Grove City. “Toda a literatura que examinei contradiz a posição das mais importantes organizações de saúde mental, pois são da opinião que a orientação sexual, que outrora se julgava uma característica sexual imutável, é realmente bem flexível para muitas pessoas, mudando como resultado de terapia para alguns, ministério para outros e espontaneamente para ainda outros”.

O artigo de Throckmorton resume as experiências de milhares de pessoas que acreditam que sua sexualidade mudou como resultado de aconselhamento e ministérios de reorientação. A recomendação final do documento de Throckmorton declara: “Os profissionais da área de saúde não deveriam recusar ajuda aos clientes que estão atrás de um meio de deixar de ser gays. Pelo contrário, deveriam respeitar a diversidade de escolha e considerar encaminhá-los a um profissional ou ministério de um ex-gay”.

Veja o resumo do artigo no próprio jornal da APA:
http://www.apa.org/journals/pro/602ab.html#2
Veja o lançamento do documento da Faculdade Grove City College:http://www.gcc.edu/news/releases/spring2002/5-29throckmortonresearch.htm

Nenhum comentário: