23 de abril de 2019

Bolsonaro diz que críticas de Olavo de Carvalho não contribuem para o avanço do governo e, concordando com General Mourão, Silas Malafaia diz que Olavo deveria se limitar à função de astrólogo


Bolsonaro diz que críticas de Olavo de Carvalho não contribuem para o avanço do governo e, concordando com General Mourão, Silas Malafaia diz que Olavo deveria se limitar à função de astrólogo

Julio Severo
Depois de meses de total silêncio diante dos xingamentos de Olavo de Carvalho aos militares, o presidente Jair Bolsonaro resolveu agir, repreendendo seu próprio guru — designação internacionalmente aceita, inclusive por parte da Voz da América, a emissora do governo americano, a qual chama Carvalho de guru de Bolsonaro por sua dependência para com ele.
A repreensão inédita de Bolsonaro ocorreu com o caos resultante depois que um vídeo de Carvalho insultando os militares foi compartilhado na própria conta de YouTube de Bolsonaro no sábado. No domingo, o vídeo, que provocou mal-estar entre os militares pelo conteúdo claramente antipatriótico, foi deletado da conta de Bolsonaro.
O texto oficial de Bolsonaro, depois de vários elogios a Carvalho, destaca que “suas recentes declarações contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento de objetivos propostos em nosso projeto de governo.”
Provavelmente descontente que os militares até agora não tenham se prostrado a ele nem se deixado embruxar, Carvalho os tem xingado e acusado de tudo, desde destruir o conservadorismo no Brasil até ajudar comunistas. Enquanto eles não concordarem com os olavetes, que entoam enfadonhamente Olavo como “salvador” e “Olavo tem razão,” ele não descansará em seus xingamentos contra eles.
Falando sobre o vídeo ofensivamente antipatriótico, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou: “Acho que ele deve se limitar, ele, Olavo de Carvalho, à função que ele desempenha bem, que é de astrólogo. Pode continuar a prever as coisas aí.”
Apesar de ter feito várias críticas a Mourão, o televangelista Silas Malafaia concordou com ele nesse ponto específico. Malafaia disse no Twitter:
“NISSO MOURÃO ESTÁ CORRETÍSSIMO! Olavo de Carvalho deveria se ater a função de astrólogo. O resto… só Deus para suportar. OLAVETES! Fiquem livres para usar robôs e outros apetrechos para caluniar e difamar. Para vocês, só kkkkkkk.”
Contudo, o astrólogo se enfurece não só quando os militares não se submetem a seus xingamentos sistemáticos. Ele também parece não gostar da designação “astrólogo,” que faz parte inegável de seu histórico profissional. Aliás, ele só ficou inicialmente famoso no Brasil pela sua ocupação de astrólogo. Mas sua evidente repulsa é tão grande que recentemente, em seu longo embate com os evangélicos, ele inventou o argumento de que Lutero e outros reformadores protestantes criam em astrologia muito mais do que ele crê.
Agora que Mourão e Malafaia estão de acordo em que Carvalho deve se limitar à ocupação de astrólogo, não se sabe se o olavete Marco Feliciano, que fez um pedido de impeachment de Mourão para agradar ao astrólogo, incluirá nesse pedido a casassão de Malafaia por chamar o astrólogo de astrólogo.
Embora reconhecidamente Carvalho seja o Rasputin de Bolsonaro, parece que a resistência dos evangélicos e militares aos mandos e desmandos dele no governo está fazendo com que Bolsonaro comece a quebrar um pouco seu silêncio diante da chuvarada de xingamentos e insultos do astrólogo aos eleitores de Bolsonaro que não prestam submissão a um Rasputin que não foi eleito por ninguém e que não tem força para eleger um presidente da República.
O fato é que se com apenas pouco mais de 500 mil seguidores no Facebook, o astrólogo se gaba de poder eleger um presidente, então Paulo Coelho, que tem mais de 30 milhões de seguidores no Facebook, poderia facilmente se gabar de poder eleger o presidente dos Estados Unidos e algumas outras nações.
Convencer que 500 mil seguidores de Facebook são suficientes para eleger um presidente é uma propaganda falsa a que nenhum brasileiro honesto se aventuraria. Mas para a lábia de um astrólogo, que convence qualquer trouxa de qualquer coisa, toda ideia fantasiosa é possível.
Tal fantasia astrológica de fato não contribui para o avanço do Brasil. Mas qual é o ocultista que não provoca confusão e caos no governo quando lhe dão ouvidos?
Por serem um impedimento contra fantasias astrológicas, evangélicos e militares sofrem xingamentos do astrólogo. Os militares, de que ajudaram os comunistas. Os evangélicos, de que fizeram mais mal ao Brasil do que a esquerda inteira. Esse é o preço difamatório que pagam por não glorificarem um astrólogo narcisista, mitomaníaco, megalomaníaco e fanfarrão, que tal qual um comunista acusa suas vítimas de fazer aquilo que ele está fazendo: caos e confusão.
Com informações de O Globo e G1.
Leitura recomendada:

22 de abril de 2019

Incrível! Observatório da Direita, que rastreia posturas conservadoras para atacar líderes conservadores, defende a catedral de Notre Dame contra Julio Severo


Incrível! Observatório da Direita, que rastreia posturas conservadoras para atacar líderes conservadores, defende a catedral de Notre Dame contra Julio Severo

Julio Severo
Não é surpresa ver grupos de esquerda atacando igrejas cristãs. Mas e quando uma proeminente organização de esquerda dos EUA defende uma catedral católica contra um evangélico conservador?
O Observatório da Direita, da organização esquerdista People for the American Way, não gostou que um artigo de minha autoria questionasse por que uma igreja cristã deveria ter ou mesmo tolerar estátuas demoníacas em seu prédio.
O Observatório da Direita disse em 18 de abril de 2019:
“Julio Severo opina sobre o incêndio em Notre Dame: ‘De uma perspectiva espiritual, um lugar de idolatria foi destruído. E o incêndio destrutivo não só destruiu os ídolos de Maria e de outros homens e mulheres. Destruiu também as gárgulas — estátuas de demônios.’”
Por que o Observatório da Direita está preocupado com minha opinião sobre idolatria e estátuas?
Meu artigo que incomodou o Observatório da Direita foi publicado nos Estados Unidos pelo portal conservador BarbWire e intitula-se: “The Gargoyles of Notre Dame and the Islamic Celebration of Their Destruction.” A tradução em português está aqui: As gárgulas de Notre Dame e a celebração islâmica de sua destruição.
Outros conservadores que incomodaram o Observatório da Direita foram Janet Porter, Intercessors for America, Christian Defense Coalition e Alex McFarland.
A propósito, posso colocar duas preocupações adicionais que o Observatório da Direita pode, em sua posição esquerdista, acrescentar a seu registro de rastreio de minhas posturas conservadoras para usar para defender Notre Dame e me atacar.
As pessoas estão doando milhões de dólares para a reconstrução de Notre Dame quando há necessidades humanas mais urgentes. Aliás, apenas uma semana depois que Notre Dame foi destruída num incêndio, as doações excederam 1 bilhão de dólares. Por que desperdiçar um bilhão de dólares em um prédio quando Deus nos disse para amar pessoas, não prédios?
Até mesmo o presidente Donald Trump elogiou Notre Dame, mas ele estava estranhamente em silêncio quando a Reforma Protestante teve sua celebração internacional de 500 anos em 2017. Como a maior nação evangélica do mundo, os Estados Unidos mereceriam que seu presidente, Trump, celebrasse, mas ele preferiu celebrar o Dia das Bruxas. A bruxaria do Halloween é mais importante que o evangelicalismo que guiou a América desde o seu nascimento? Notre Dame e seus Gárgulas são mais importantes do que a mais importante herança religiosa americana, o protestantismo?
No entanto, para o Observatório da Direita, no que se refere ao conservadorismo real, Julio Severo é uma ameaça conservadora maior do que Notre Dame.
O Observatório da Direita é um projeto da entidade de extrema esquerda People for the American Way e tem, de acordo com seu site, uma missão especial de atacar conservadores que se opõem à agenda gay, ao aborto e à ideologia muçulmana.
De acordo com o WND, um dos maiores sites conservadores do mundo, People for the American Way (PFAW) é “uma organização socialista ateísta que, por meio de publicações como seu ‘Right Wing Watch’ [Observatório da Direita] se dedica à destruição dos conservadores em geral.”
Muitos nomes conservadores proeminentes dos EUA estão na lista negra do Observatório da Direita. Meu lugar na lista deles está aqui.
O que os conservadores americanos dizem sobre o Observatório da Direita?
Pat Robertson, do Clube 700, disse: “Uma organização nojenta.”
Peter LaBarbera, da entidade Americanos pela Verdade da Homossexualidade, disse: “Deveriam chamá-los de Povo pelo Jeito Homossexual.”
Matt Barber, fundador do portal conservador BarbWire, disse: “Uma agenda secularista radical… uma agenda socialista… promovendo a cultura da morte.”
Leitura recomendada sobre a Esquerda dos EUA contra Julio Severo:
Outra leitura recomendada:

20 de abril de 2019

Marco Feliciano pede impeachment do General Mourão e Silas Malafaia reage dizendo que tal pedido é exibicionismo de olavete fazendo graça para o guru


Marco Feliciano pede impeachment do General Mourão e Silas Malafaia reage dizendo que tal pedido é exibicionismo de olavete fazendo graça para o guru

Julio Severo
Sem nenhum apoio de seu partido e líderes evangélicos, o deputado federal Marco Feliciano, que é pastor assembleiano, lançou em plena Semana Santa um pedido de impeachment do General Mourão.
Coincidentemente, o pedido veio logo depois da romaria de Feliciano à casa do astrólogo Olavo de Carvalho, um grande palpiteiro sobre política brasileira — como se astrólogo e palpiteiro não fossem basicamente redundância.
O pedido veio também — mais uma coincidência — depois de meses de xingamentos de Carvalho aos militares em geral e a Mourão em particular. Esses xingamentos levaram o Senador Arolde de Oliveira, que é uma personalidade importante no mundo evangélico do Rio de Janeiro, a desabafar que com seu “linguajar chulo contra os militares, Olavo de Carvalho já ultrapassou todos os limites.”
Há atitudes e comentários de Mourão que os evangélicos não aprovam, assim como eles também não aprovam a “paixão” de Jair Bolsonaro pelo oportunista Rasputin. Essa “paixão” tem feito com que Bolsonaro, num comportamento incompatível para a presidência do Brasil, fique calado enquanto o Rasputin provoca caos e confusão ao atacar militares e outros membros do governo.
O Pr. Silas Malafaia, o mais importante televangelista evangélico do Brasil, também discorda dessas atitudes de Mourão. Mas ele igualmente discorda das atitudes de Feliciano.
Para Malafaia, o pedido de impeachment que Feliciano vem ostentando contra Mourão não passa de exibicionismo — “um olavete fazendo graça para o guru.” Embora eu considere Olavo um Rasputin por sua má influência em Bolsonaro, outros, como o próprio Malafaia, o veem como guru — com a mesma má influência.
Aliás, em uma reportagem recente, até a Voz da América, a emissora internacional oficial do governo dos EUA, reconheceu que Carvalho é o guru de Bolsonaro, comprovando que o mundo inteiro já sabe que Bolsonaro vive numa dependência estranha para com um astrólogo.
O que Malafaia disse? Num tuíte datado de 18 de abril, ele declarou:
“QUE ESTUPIDEZ É ESSA! Pedir o impeachment de Mourão em nada contribui para o governo Bolsonaro, pelo contrário, desestabiliza o governo. Tenho feito críticas a Mourão e discordo de muitas de suas posturas, pedir impeachment dele não tem efeito nenhum, bobagem pura!”
Estupidez e bobagem pura. Essa foi a classificação de Malafaia para o pedido de impeachment de Feliciano. Num segundo tuíte no mesmo dia, Malafaia explicou que não concorda com as atitudes de Mourão, mas deixando claro que o pedido de impeachment é meramente “olavetes fazendo graça para o guru.” Veja:
“A RESPOSTA A MOURÃO SÓ PODE SER ESSA > Se ele continuar a fazer esse jogo de independência política em relação ao governo Bolsonaro, na reeleição, tira ele de vice, manda ele se candidatar a presidente para ver o pau que ele vai tomar. OLAVETES! Parem de fazer graça para o guru.”
Feliciano é então chamado de olavete, ainda que indiretamente. Olavete é um sujeito tão fanático que ele segue o astrólogo doa a quem doer — e a realidade mostra que a dor sempre recai sobre o fanático.
Um bom exemplo é Ricardo Vélez, que foi indicado diretamente pelo astrólogo para ser ministro da Educação. O presidente Bolsonaro aceitou a indicação e o astrólogo encheu o peito de soberba ao ver sua “genialidade” cósmica sendo honrada no governo. Mas a indicação resultou em confusão e caos total no Ministério da Educação e, fiel ao seu oportunismo histórico, Carvalho tirou o corpo fora, só faltando dizer que Vélez o traiu. Se Vélez tivesse acertado, o astrólogo não hesitaria em tomar todas as glórias para si.
No caso de Feliciano, não importa que seu partido e Malafaia se oponham ao seu pedido de impeachment. O que importa é que ele fez sua romaria à casa do astrólogo, que elogiou o pedido. A revista Istoé chegou a publicar uma reportagem intitulada “Olavo de Carvalho incentiva Feliciano a pedir impeachment de Mourão, diz colunista.” A visão da revista parece não ter falhado, pois desde que voltou de sua romaria à casa do astrólogo, Feliciano publica posts sobre impeachment e o astrólogo. Os dois juntos. Tudo junto e misturado.
Resultado para Feliciano: Seus próprios seguidores, em todas as suas redes sociais, o estão criticando. Confira neste link (http://archive.is/Zhutp) um exemplo das reações negativas dos seguidores de Feliciano. Para cada seguidor elogiando, há 10 criticando. Depois da chuvarada de críticas, o astrólogo está começando a fazer com Feliciano o que fez com Vélez: tirando o corpo fora.
Contudo, olavete real nunca desanima em sua paixão pelo guru. É amor de seita esotérica — só quebrável pela intervenção sobrenatural do Espírito Santo. Em plena Sexta-Feira Santa, enquanto muitos cristãos estão pensando em Jesus e o glorificando, Feliciano publica um post de Twitter (link: http://archive.is/QLW68) garantindo que Olavo não é contra os evangélicos, apesar dos abundantes xingamentos dele aos evangélicos.
O astrólogo Olavo xingava Feliciano de burro. O xingamento parou só quando Feliciano se tornou olavete. Mas a paixão burra continua. Aliás, a paixão burra é tão grande que até num dia sagrado Feliciano não consegue deixar de fazer propaganda para o que é mais sagrado para ele: o guru.
Para Feliciano, o astrólogo garantiu que apoia os evangélicos e que só tem discordâncias teológicas. Ora, quem tem discordâncias teológicas NÃO XINGA. O astrólogo já declarou formalmente que a inspiração do protestantismo — de onde vieram as igrejas evangélicas — é zero, tornando assim, na mentalidade dele, as igrejas evangélicas como igrejas não cristãs.
Tentar conciliar as doces palavras oportunistas dele para Feliciano com seu histórico real contra os evangélicos é conciliar o PT, com suas políticas anticristãs, com doces atitudes oportunistas de políticos petistas que em época de eleição vão a cultos, dão a paz do Senhor e falam “Aleluia.” Tudo isso é contraditório.
Petismo e olavismo são incompatíveis com o Evangelho de Jesus Cristo.
Faço parte do movimento pró-vida do Brasil há mais de 30 anos. Um dos católicos com quem eu tinha contato regular era o Pe. Paul Marx, fundador e diretor da maior entidade pró-vida do mundo, Human Life International (Vida Humana Internacional), que surpreendentemente promovia livros pró-vida e livros contra a Nova Era. A maioria dos livros contra a Nova Era que ele promovia era evangélica, pois os evangélicos têm um faro apurado para detectar e denunciar todo tipo de ocultismo. Ele tinha toda razão sobre o faro evangélico. Quem mais tem denunciado Carvalho e suas inegáveis ligações ocultistas?
A maior conexão americana de Carvalho é Steve Bannon, adepto do ocultista islâmico René Guénon. Denunciei essa conexão aqui: Steve Bannon e Olavo de Carvalho juntos: dois ocultistas promovendo um “conservadorismo” ocultista.
Guénon, com seu tradicionalismo antimarxista, era Nova Era pura!
Depois que Vélez caiu, sobrou Ernesto Araújo, também indicado por Carvalho. Conforme minha denúncia, a inspiração “conservadora” de Araújo vem de Guénon e seu maior discípulo, Julius Evola, cujas ideias esotéricas inspiraram o nazismo e o fascismo. Confira meu artigo: Nazismo: Nacionalismo e socialismo a serviço do ocultismo.
Onde foi que Araújo absorveu todo o seu ocultismo? Estudando “conservadorismo” com Carvalho. Todo aluno do COF sempre foi incentivado a ler Guénon e literatura ocultista relacionada.
Sempre tive contato com os maiores líderes católicos pró-vida brasileiros e americanos. Eu tinha discordâncias teológicas com eles? Muitas. Mas minhas discordâncias nunca me fizeram xingá-los — nem uma única vez. Minhas discordâncias permanecem, assim como meu respeito, pois quem xinga não discorda. Quem xinga mostra que não tem argumentos e não tem respeito.
Entretanto, o que explica em plena Sexta-Feira Santa Feliciano preocupado em aproximar os evangélicos do Rasputin? O que explica em plena Sexta-Feira Santa Feliciano focar num astrólogo, não em Jesus Cristo?
Sexta-Feira Santa lembra, prioritariamente, Jesus morrendo na Cruz. Essa é a recordação máxima e mais importante. Mas ao lermos a Bíblia, vemos que vários fatores levaram à cruz. Dois desses fatores foram a conspiração dos líderes que tinham interesses políticos e a traição de Judas — um verdadeiro falso irmão que trai os irmãos por interesse.
Feliciano não está revivendo essa conspiração ao impulsivamente lançar um pedido de impeachment contra Mourão só porque o guru dele xinga sem parar os militares e Mourão? Essa conspiração não tem o apoio de Malafaia.
Feliciano não está revivendo essa traição ao impulsivamente aproximar os evangélicos do guru, sabendo que ele enfeitiça e embruxa suas vítimas para seus próprios interesses, distanciando-as de focar em Cristo? Feliciano não está sendo um falso irmão ou falso pastor? Feliciano já deu provas de sobra de tal embruxação, que impede as vítimas de ver a realidade como é.
O evangélico petista não enxerga a gravidade do abortismo e homossexualismo do PT e fica encantado quando um político petista dá a paz do Senhor para os evangélicos.
O evangélico olavete não enxerga a gravidade da defesa da Inquisição e xingamentos antievangélicos do astrólogo Olavo e fica encantado quando o astrólogo faz um pequeno elogio oportunista.
Nos dois casos, a cegueira é patente — para quem está do lado de fora da bolha dos petistas e olavetes.
O absurdo do PT já fez parte da vida de Feliciano, que era no passado um evangélico pró-PT. Hoje, o absurdo do olavismo faz parte de sua vida. É mais absurdo ainda porque além de tê-lo chamado de burro, Carvalho também insinuou que, no caso da Patrícia Lelis, Feliciano a levou a um motel. Ele não tem vergonha de exaltar quem o humilhou?
Já corri em defesa de Feliciano no passado. Eu o defendi em 2013, quando todas as esquerdas estavam contra ele por causa do ativismo gay. Até mesmo líderes evangélicos da TMI estavam contra ele. Fui um dos poucos a se manifestar em sua defesa. Você pode ler mais neste artigo: Julio Severo entrevista Dep. Marco Feliciano: Como uma oposição gayzista colossal catapultou o nome dele à fama, tornando-o o político evangélico mais proeminente do Brasil.
Hoje, quando o astrólogo Olavo defende a Inquisição, que torturou e matou milhares de judeus e fez muitos mártires evangélicos, Feliciano não sai em defesa dos evangélicos e dos judeus. Ele não ocupou a tribuna do Congresso uma única vez para prestar homenagem às vítimas da Inquisição. Mas ele já ocupou a tribuna do Congresso Nacional para prestar homenagem ao defensor da Inquisição.
Hoje, quando o astrólogo Olavo apela para que Polícia Federal me investigue sob a alegação de que minhas denúncias contra ele envolvendo Inquisição e ocultismo são conluios pagos pelo governo russo que ameaçam segurança nacional, Feliciano não sai em defesa de quem já o defendeu. Ele não dá a mínima atenção à vítima ameaçada e presta todo louvor ao ameaçador.
O que posso dizer? Se Feliciano não se importa nem mesmo com os inúmeros mártires evangélicos da Inquisição, como é que ele vai se importar com um escritor evangélico que sofre ameaça de um astrólogo que tem certa influência no presidente da República? Com toda essa coragem oportunista, o que Feliciano faria se vivesse 500 anos atrás? Ele defenderia as vítimas judias e evangélicas contra os carrascos da Inquisição?
Assim como Malafaia, tenho também discordâncias com Mourão. Mas querer o impeachment dele apenas para ajudar um olavete que está fazendo graça para um astrólogo não é comportamento cristão.
E comportamento menos cristão ainda é um pastor assembleiano preocupado em exaltar um astrólogo antievangélico em plena Sexta-Feira Santa. Mas essa não é a primeira vez que Feliciano exalta o astrólogo. Em 2016, Feliciano chegou ao ponto vergonhoso de louvar Carvalho na tribuna do Congresso Nacional como “profeta verdadeiro.”
Eu já disse que Feliciano precisa conhecer e imitar o comportamento ético do profeta Daniel na Bíblia, mas ele está apaixonado por outro profeta!
Então, se o “profeta verdadeiro” disse que as igrejas evangélicas são uma ameaça ao Brasil maior do que a esquerda inteira, como Feliciano ousa usar o título de “pastor” dessas igrejas falsas?
A conspiração e traição de Feliciano em ajudar a infiltração do olavismo entre evangélicos são uma ameaça que em nada perde para a infiltração do petismo entre evangélicos que ele fazia no passado. Ele está ajudando hoje o olavismo com sua vasta experiência no petismo.
Diante desses exemplos de conspiração e traição, e também diante da insatisfação óbvia dos seguidores de Feliciano com seu pedido, como olavete, de impeachment do General Mourão, talvez não devesse ser hora de os líderes da Assembleia de Deus pensarem num impeachment dele do pastorado? Assim como não dá para um evangélico ser petista, abortista, maçom ou homossexualista, não dá também para um evangélico ser olavete.
Se é uma vergonha um pastor ajudar a infiltração do petismo entre evangélicos, por que não seria vergonha um pastor ajudar a infiltração do olavismo (que é ativismo político esotérico fascista) entre evangélicos?
Leitura recomendada sobre Marco Feliciano:
Leitura recomendada evangélicos, marxismo e vitória de Bolsonaro:
Leitura recomendada sobre o astrólogo Olavo de Carvalho:
Leitura recomendada sobre olavetes: